Minerva deixa a equipe de LoL da Kabum

Esports Notícias

O jogador profissional de League of Legends Gustavo Alves, mais conhecido como Minerva, anunciou a sua saída da Kabum! e-Sports. Mas não o espere em outro time; ele pretende cuidar de sua vida pessoal.

Minerva

Minerva deixa a Kabum! e-Sports para cuidar de sua vida pessoal

Por meio da rede social Facebook, ele deixou clara sua posição de abandonar sua carreira profissional por algum tempo. Segundo ele, está cansado da sua dedicação total ao LoL nos últimos dois anos e quer agora dar uma parada, “pelo menos de alguns meses”. Esse anúncio veio alguns dias depois de outro profissional do game, o André Rocha, ou manajj, anunciar sua aposentadoria da CNB, que agora terá de remontar todo o seu time para os próximos campeonatos, já que boa parte dos seus profissionais foram pra outras organizações.

Minerva esteve com o grupo durante toda a fase sensacional da Kabum! e-Sports desse ano. Ela foi vitoriosa no Campeonato Brasileiro e venceu o time argentino PEX no International Wildcard, e tornou-se a primeira equipe brasileira em um mundial do jogo. Pra completar, ganharam destaque ao vencer a Alliance, atual campeã da Europa e um dos times poderosos do torneio. O jogador brilhou na partida, e foi alvo de elogios do público e dos comentaristas.

[youtube=”https://www.youtube.com/watch?v=x64ZoanXDew”]

Embora seja uma despedida temporária dos treinamentos e dos campeonatos, ele fez questão de deixar seus fãs mais aliviados. “EU NÃO VOU PARAR”, revelou. “Provavelmente eu vou ficar fazendo stream em casa no tempo livre, não vou parar de jogar LOL, só não vou ser profissional durante alguns meses”. O gerente da Kabum! e-Sports Bruno Lima também reconheceu o valor do atleta. “Ele foi uma peça chave no nosso time, pois entrou em um momento muito delicado e nos ajudou a reconstruir a confiança e a conquistar coisas que o Brasil jamais tinha conseguido, e ainda por cima provou à todos que pode jogar em qualquer posição devido à sua mecânica invejável”, disse, também no Facebook.

Um simples desenvolvedor com textura realista que quer desligar a PhysX e sonha a 120 frames por segundo. Pena que a memória é baixa.