CCP impede remake de Vampire Bloodlines

Notícias

Fãs de RPG e, principalmente, de Vampiro: a Máscara devem estar muito chateados com a CCP nesse momento. O estúdio, conhecido pelo MMO Eve Online e detentor dos direitos sobre a marca Vampire, impediu o ambicioso Project Vaulderie, um remake feito por fãs do game Vampire: the Masquerade – Bloodlines (que, em minha opinião, foi bem legal).

Vampire: Bloodlines foi o último título feito pela Troika Games, que também fez The Temple of Elemental Evil, antes de fechar em 2005. Somente 72 mil cópias foram vendidas na época, com o agravante de que, mesmo bem recebido pela crítica, ele vinha com alguns bugs bem chatos, incluindo de progressão. Alguns fãs resolveram, assim, fazer um remake na engine Unity, para que estivesse em um ambiente mais estável, e planejavam até mesmo um modo multijogador.

Ficha de personagem

A ficha tá até melhor que no game original

Contudo, a CCP, que cancelou um projeto próprio também baseado na franquia (o MMO World of Darkness) há alguns meses atrás, resolveu frustrar os desenvolvedores (e os jogadores). Uma carta de cease-and-desist (“ordem ou pedido para cessar uma atividade, sob pena de ação judicial”, conforme descreve a Wikipedia) foi enviada a eles, que os impede de usar quaisquer nomes, locais e elementos relacionados à obra, assim como a marca Vampire: the Masquerade – Bloodlines. Assim, foram forçados a deixar o projeto de lado.

Em nota no site do Project Vaulderie, Arthur, um dos responsáveis, explicou o acontecido para todos que acompanhavam o desenvolvimento. “Tudo isso invalida nosso esforço e o sentido de todo o projeto: um remake de Vampire: Bloodlines não pode ser um remake sem seu conteúdo original”, cita.

Infelizmente, é o fim da empreitada. Acompanhei um pouco da criação pelo site deles e fiquei entusiasmado com o que vi. Não sei com que olhos a CCP olhou para esse projeto; se ficaram ameaçados, se viram um impedimento ao lucro (com um jogo de 2004?) ou se só quiseram dar uma de “dono da bola” e levar o brinquedo pra casa. Como o Arthur falou no texto, “Project Vaulderie ajudaria a reviver o interesse em um jogo que foi esquecido com o tempo, e acredito que todos os envolvidos se beneficiariam com sua criação”. Para ler o texto completo, assim como a carta da CCP, veja aqui o blog do projeto.

projectvaulderie_WIP

Project Vaulderie WIP

Um simples desenvolvedor com textura realista que quer desligar a PhysX e sonha a 120 frames por segundo. Pena que a memória é baixa.