O poder da saudade

Lá vinha o bonde no sobe e desce ladeira
E o motorneiro parava a orquestra um minuto
Para me contar casos da campanha da Itália
E do tiro que ele não levou
Levei um susto imenso nas asas da Panair
Descobri que as coisas mudam e que tudo é pequeno nas asas da Panair

Fernando Brant/Milton Nascimento – Saudade dos Aviões da Panair

O que nos causa a nostalgia? Sentimento este tão arrebatador que bafora lufadas do passado no coração quando, de súbito, irrompe. A quem é caro, o tempo que passou reaviva a memória guardada na gaveta da afeição, e a saudade desperta. A música que lembra o ente querido, o desenho animado das manhãs de sábado, o grito de gol de quando o time foi campeão: todos objetos que nos remetem a eventos que vivemos e que nos tornaram o que somos.

Ristar

Este artigo conterá imagens de jogos que me são nostálgicos.

No meio do videogame, estes meses foram especialmente interessantes pelo volume de campanhas de financiamento coletivo bem sucedidas em prol do retorno de estilos, designers e franquias clássicas. Koji Igarashi, o IGA, garantiu um sucessor espiritual para Castlevania com Bloodstained. O caminho pode vir a ser tomado por Hideo Kojima no futuro, afinal, a exemplo de IGA, sente os efeitos das mudanças na Konami diretamente em seu métier. Antigos membros da Rare, responsáveis em grande parte pela época de ouro do Nintendo 64, montaram a Playtonic e angariaram fundos para Yooka-Laylee, novo passo para os plataformas à Banjo-Kazooie. Poucos dias antes, o criador de ToeJam and Earl assegurava o desenvolvimento de uma “sequência digna” para a franquia que tanto cativou a era 16-bit.

Terranigma

O fenômeno não é recente, Mighty No. 9, título em desenvolvimento de Keiji Inafune (Mega Man), atingiu sua marca inicial no Kickstarter em setembro de 2013. O jogo deve chegar aos contribuintes somente agora, na segunda metade deste ano. Broken Age, adventure de Tim Schafer, lançava sua sorte ao público em 2012.

A passos mais lentos, os grandes estúdios começam a entender o recado. Uma avalanche de remasterizações tomaJupiter Strike conta do mercado, levantando as mais diferentes suspeitas – da exploração da nostalgia à falta de criatividade. Grim Fandango Resident Evil regressaram mais polidos para mostrar às gerações mais novas que continuam merecidos detentores do status de obra-prima. Poucas destas empresas, no entanto, parecem respeitar integralmente seu legado ao manter estas séries atualizadas e com Rogue Tripqualidade. Inafune deixou a Capcom para levar aos jogadores algo próximo de seu Rockman, visto que a própria empresa parece pouco se importar com
seu mascote. Sonic parece sofrer de cãibras na Sega. De todas, a Nintendo desponta, talvez, como a mais esperta. Guarda seus ases na manga e, no momento mais oportuno, coloca-os na mesa. Kid Icarus saiu da geladeira para o 3DS e um Star Fox inédito deve chegar para o Wii U este ano.

E lá vai menino xingando padre e pedra
E lá vai menino lambendo podre delícia
E lá vai menino senhor de todo o fruto
Sem nenhum pecado sem pavor
O medo em minha vida nasceu muito depois
Descobri que minha arma é o que a memória guarda dos tempos da Panair

Full Throttle

O videogame conta 43 anos de existência, se considerarmos a popularização de Pong ou o Shining Force IIlançamento do Magnavox Odyssey como seu marco inicial. É uma mídia nova e que ainda desbrava os caminhos da auto-crítica e questionamento de sua própria poética. Muitos de nós, jogadores, tivemos nosso primeiro contato com o jogo eletrônico na infância ou pré-adolescência.F-22 Lightning II Novamente, o objeto remete a um tempo passado que – espera-se – é querido. A nostalgia traz essa melancólica e alegre saudade da época que já foi, e games que emulem um pedaço dessa memória nos cativam. A indústria grande sabe disso, assim como os indies – interesse mercadológico ou lembrança que comove?  Um ou outro, os dois, nenhum? Não se sabe, apenas espera-se que estes pedaços de nossas vidas não caiam no esquecimento – visto que a preservação de jogos eletrônicos é uma preocupação crescente.

Cerveja que tomo hoje é apenas em memória
Dos tempos da Panair
A primeira Coca- Cola foi me lembro bem agora
Nas asas da Panair
A maior das maravilhas foi voando sobre o mundo
nas asas da Panair
Em volta desta mesa velhos e moços
Lembrando o que já foi
Em volta dessa mesa existem outras falando tão igual
Em volta dessas mesas existe a rua
Vivendo seu normal
Em volta dessa rua uma cidade sonhando seus metais
Em volta da cidade

O meu apelo é que não deixemos de sentar em volta das mesas e relembrar carinhosamente o passado. Lembremo-nos da volta estupenda em Wave Race, de como a versão de Rock n’ Roll Racing do Mega Drive tinha mais músicas que a do Super Nintendo. Daquela vez que você ganhou do seu primo mais velho naquele jogo de luta dos Power Rangers ou no Street Fighter da rodoviária. Daquele gol impossível no Virtua Striker no fliperama e daquele enredo fantástico que você nunca esqueceu quando jogou um RPG da Square ou da Enix. Da Interplay, Infogrames, Novalogic, Sierra, dos simuladores de Chris Sawyer. Disso, daquilo e daquilo mais.

Você não está sozinho.

Chrono Trigger

Author: Luiz Roveran

Brasileiro de estatura mediana, gosto muito de fulana mas sicrana é quem me quer. Compositor, guitarrista e pesquisador de trilha musical de videogames, meti-me a falar de jogos e pretendo continuar nesta toada por um tempo.

Share This Post On