Imposto pode ser aplicado também em sites como Google Play e Steam

Android iOS Notícias PC

Todos nós sabemos da crise econômica vivida pelo Brasil em 2015. Em meio a escândalos de corrupção e manobras da máquina pública, vemos uma verdadeira rinha entre políticos e ameaças de novos impostos diariamente. Para nossa tristeza, essas ameaças querem mesmo virar realidade.

Depois da revisão da lei de incentivo fiscal do Programa de Inclusão Digital, que abonava alguns impostos de artigos eletrônicos (smartphones, tablets e computadores, por exemplo) fabricados nacionalmente, agora é a vez do ISS (Imposto Sobre Serviços) entrar na lista de apelações do governo para amenizar o seu déficit orçamentário, a partir do projeto de lei 386/2012.

Papai Noel em GTA

Só pra te lembrar que o Natal tá chegando…

Esta cobrança era aplicada a diversos tipos de serviços de acordo com a lista anexa à Lei Complementar 116/2003 – como serviços de informática, locação e de saúde. Agora, os serviços de internet, antes isentos da taxa, agora podem ser encaixados na lista, seguindo uma alíquota que pode variar entre 2 e 5% em cima do valor do serviço prestado. Este tributo deve impactar diretamente os valores praticados por serviços que vão desde o Netflix até plataformas como Google Play e Steam.

No entanto, ainda há esperança. Embora a proposta tenha sido aprovada na Câmara, ela ainda deve passar pelo Senado e pela presidente para sua aprovação. Mesmo assim, é bom ficar de olho.

Um simples desenvolvedor com textura realista que quer desligar a PhysX e sonha a 120 frames por segundo. Pena que a memória é baixa.