Motiga, empresa responsável por Gigantic, anuncia demissões temporárias

Notícias PC

Pouco menos de um mês após anunciarem a segunda etapa do Beta fechado do MOBA Gigantic, os desenvolvedores da Motiga, a empresa por trás do jogo, anunciaram demissões “significantes e temporárias” na equipe de desenvolvimento na última terça-feira (9). A notícia vem pouco mais de dois meses após a demissão permanente de 16 funcionários da equipe principal.

Chris Chung, CEO da Motiga, fez a declaração através do blog da empresa. Assim como aconteceu nas demissões de dezembro de 2015, o problema é financeiro. “Apesar de estarmos em discussões ativas e promissoras com um número de potenciais investidores, a duração destas negociações vai além dos recursos que temos para manter a equipe necessária para continuar o desenvolvimento de Gigantic“, disse.

GiganticScreenshot-Combat-02

A equipe do Pulo Duplo tem acesso aos fórums do Beta fechado do jogo, onde um dos membros do estúdio declarou, em uma mensagem à comunidade, que “Isso não significa que fomos embora, e não signifca que estamos desistindo do Gigantic. Nós amamos o Gigantic! Nós faremos tudo dentro de nossos poderes para tornar Gigantic uma realidade!”

Em outra parte da mensagem, ele afirmou que a equipe de desenvolvimento ficará mais afastada da interação constante e habitual com a comunidade durante esse tempo para manter 100% do foco em “criar e lançar um jogo incrível”.

A comunidade, por sua vez, mostrou medo de ver o jogo acabar mas deu seu apoio e carinho à equipe, e a maioria dos jogadores que comentaram nessas postagens pediram por transações com dinheiro real no jogo para liberar pacotes de heróis e skins para que possam ajudar o estúdio. Eles também sugeriram que a equipe procurasse alternativas de financiamento coletivo, mas nenhum membro da Motiga se pronunciou com relação a nenhum pedido até o momento dessa postagem.

Colunista da ESPN Esports Brasil e redator freelancer. Já escreveu em sites gringos como Kill Screen, Zeal, The Indie Game Magazine e Versions, além de ter gerenciado seu próprio site no Brasil. Atualmente busca explorar os Esports de todas as formas possíveis.