Virtus.pro derrota fnatic na final da ELEAGUE de CS: GO

Esports Notícias PC

A equipe polonesa da Virtus.pro venceu o título da 1ª temporada da ELEAGUE de Counter-Strike Global Offensive, nesse último sábado (30). A final foi disputada contra os suecos da fnatic, que foram derrotados por 16 a 10 na de_cobblestone e por 16 a 8 na de_mirage. Depois de conseguir a vitória por 2 a 0, a Virtus.pro levou o troféu do campeonato e o prêmio de US$ 390 mil dólares.

rsz_bc647a350d9b5797df22d272bc62441b

Os brasileiros da SK Gaming, que venceram o ESL Cologne, na Alemanha, não tiveram chance de mostrar seu valor nesse campeonato. O comitê organizador do evento excluiu a equipe da Fase Eliminatória, por Gabriel “FalleN” Toledo e companhia terem mudado da Luminosity Gaming para a SK Gaming.

Confira a lista com a classificação final das equipes que participaram:

1º – Virtus.pro – US$ 390.000
2º – fnatic – US$ 140.000
3°/4° – Natus Vincere – US$ 60.000
3°/4° – mousesports – US$ 60.000
5°/8° – cloud9 – US$ 50.000
5°/8° – Team EnVyUs – US$ 50.000
5°/8° – Astralis – US$ 50.000
5°/8° – Ninjas in Pyjamas – US$ 50.000
9°/10° – Renegades – US$ 40.000
9°/10° – FaZe Clan – US$ 40.000
11º/14° – G2 Esports – US$ 40.000
11º/14° – FlipSid3 Tactics – US$ 40.000
11º/14° – Gambit Gaming – US$ 40.000
11º/14° – Counter Logic Gaming – US$ 40.000
15°/16º – OpTic Gaming – US$ 30.000
15°/16º – Team Dignitas – US$ 30.000
17°/22° – Selfless Gaming – US$ 30.000
17°/22° – Echo Fox – US$ 30.000
17°/22° – Team SoloMid – US$ 30.000
17°/22° – NRG eSports – US$ 30.000
17°/22° – compLexity Gaming – US$ 30.000
17°/22° – Team Liquid – US$ 30.000
23°/24° – SK Gaming – US$ 30.000
23°/24° – Team X – US$ 30.000

O campeonato foi promovido pela rede de TV Turner e a agência de WME | IMG, que comprou o UFC no início do mês. A rede de televisão alemã ProSieben MAXX cancelou sua cobertura do evento em função do tiroteio que deixou nove mortos em Munique na semana passada. Infelizmente, isso reforça ainda mais a crença infundada das autoridades alemãs de que a prática de jogos de tiro, como Counter-Strike Global Offensive, estimularia a violência de assassinos como os que atuaram no atentado.

Parabéns à equipe Virtus.pro, e que a disseminação dos eSports reduza cada vez mais esses preconceitos em relação aos jogos eletrônicos competitivos.

 Fonte: MyCNB, gamesindustry

Aparentemente fragmentado, geralmente atarefado mas certamente engajado, este profissional do ramo bancário da seus pulos duplos no mundo dos games por ser fascinado pela forma como esta "arte" influencia os indivíduos.