Jogador consegue competir com seu amigo falecido em Forza Horizon 3

Artigos Xbox One

Um jogador de Forza Horizon 3, com o nome de usuário Spartansnverdie, publicou um texto no reddit do Xbox One mostrando-se muito grato por ter tido a chance de jogar novamente contra seu amigo Drew, que morreu faz mais ou menos um ano. Isso só foi possível pela mecânica Driveatar, introduzida desde Forza Motorsport 5 de 2013, que insere avatares de amigos que também jogam o título no game do usuário. Esses avatares são construídos a partir do histórico de performance dos jogadores, estilo de direção e outras informações.

rsz_forza-horizon-3-3_3

Quando Spartansnverdie começou a jogar Forza Horizon 3, percebeu que o Driveatar de seu amigo Drew ainda estava em seu game.

Eu imediatamente fui atrás dele a fim de desafiá-lo para uma corrida. Foi muito surreal. Era como se eu estivesse jogando com ele de novo no Xbox. Foi agridoce, mas é uma outra razão para amar este jogo.

Outros usuários do reddit se solidarizaram com a história de Spartansnverdie e ofereceram dicas de como interagir com Driveatar do amigo de uma forma diferente, como foi o caso de emirarkman que escreveu: “Da próxima vez, chegue perto dele e buzine. Ele entrará em seu comboio e o seguirá.”.

Além dessa história comovente, tivemos outros exemplos de como o “círculo mágico” nos manteve próximos de amigos e parentes que partiram dessa para uma melhor. Jogadores prestaram suas condolências tanto a um ícone da cultura geek, como Leonard Nimoy em Star Trek Online, quanto a indivíduos quase anônimos, como foi o caso do guardião caído em Destiny.

Então, para aqueles que ainda acreditam que os games são um desperdício de tempo em nossas vidas, tenham em mente que jogos, além de muitas outras funções, servem como simulações que nos treinam para enfrentar desafios em nossas vidas reais. Citando uma frase famosa entre jogadores, “nós não deixamos de viver nossas vidas, mas escolhemos viver várias.”. E, com todos os registros gravados pelos recursos dos novos games, teremos como deixar parte de nosso legado quando partirmos.

Fonte: Reddit

Aparentemente fragmentado, geralmente atarefado mas certamente engajado, este profissional do ramo bancário da seus pulos duplos no mundo dos games por ser fascinado pela forma como esta "arte" influencia os indivíduos.