Diretor de Deadly Premonition e D4 inaugura novo estúdio indie

Notícias

Hidetaka “Swery65” Suehiro, o nome por trás de games como Deadly Premonition e D4: Dark Dreams Don’t Die, anunciou ontem (16) que seguirá sua carreira como desenvolvedor independente em seu próprio estúdio: o White Owls.

Suehiro, que deixou a Access Games por motivos de saúde, ordenou-se monge budista no meio tempo. Agora, à frente do White Owls, o diretor almeja abraçar diversos tipos de mídia: de jogos e aplicativos de VR a livros e iniciativas educacionais — como nos traz o Gamasutra.

Em entrevista ao site, Suehiro afirma que seu novo estúdio surgiu de sua vontade de tentar diminuir a distância entre os mercados japonês e ocidental de games: coisa que, segundo o próprio, não poderia ser feita em sua antiga empregadora.

Suehiro aparenta guardar um certo ressentimento com a indústria AAA (quem nunca?). Quando perguntado sobre o significado do nome de seu estúdio, ele afirma que a coruja que o representa deveria ser branca para se opor ao mal — que Swery associa à cor preta — encarnado nas desenvolvedoras.

Além disso, ele acrescenta que todos os funcionários de sua equipe não têm a intenção de tornar a White Owls em algo “obeso e lerdo como nosso antigo ambiente de trabalho”. Suehiro deseja que a imagem de seu novo estúdio seja a de um “atleta musculoso e extremamente produtivo”.

Em um tom mais positivo, o diretor expressa seu desejo de criar games para seus fãs e que estes sejam “bizarros, assustadores, grostescos e oníricos, mas que contenham um estranho realismo”. Referindo-se a sua saúde e ao ano de tratamentos médicos pelo qual passou, o desenvolvedor agradeceu a sua família e aos fãs pelo apoio na caminhada.

Fonte: Gamasutra

Brasileiro de estatura mediana, gosto muito de fulana mas sicrana é quem me quer. Compositor, guitarrista e pesquisador de trilha musical de videogames, meti-me a falar de jogos e pretendo continuar nesta toada por um tempo.