Assassin’s Creed: O livro oficial do filme revela mais detalhes sobre seus personagens

Notícias

O filme de Assassin’s Creed chegou ao Brasil no dia 12 de janeiro desse ano, o que levou muitos membros da irmandade de fãs da franquia – além de uma legião de curiosos – aos cinemas. Se você for uma das pessoas que não teve essa oportunidade e pretende esperar para ver o filme quando ele sair em Blu-Ray, devo dar-lhe um spoiler alert antes que prossiga com a leitura.

Então, se você foi um dos indivíduos que decidiu saber mais sobre Callum Lynch e seu ancestral Aguilar, deve ter percebido que a história contada durante a trama era cercada de personagens misteriosos os quais acabamos nem desvendando muito depois de ter terminado de assistir à sessão. Mesmo assim, ainda conseguimos perceber diversos sinais sutis para aqueles que olharam com mais atenção.

Felizmente, a história do filme pode ser apreciada por outro meio graças ao lançamento do seu livro oficial, escrito por Christie Golden. Sem a pressão do tempo e dos enormes custos para fazer um material mais sólido, o livro consegue disponibilizar muito mais conteúdo para aprofundar nosso conhecimento sobre o protagonista e todos os outros personagens.

Um exemplo desse maior aprofundamento foi a exploração de um pouco do passado de Sophia Rikking, a enigmática cientista interpretada por Marion Cotillard no filme. Com o livro, podemos entender um pouco melhor o que motiva seu comportamento em relação a Callum, ao seu pai Alan e a guerra entre Assassinos e Templários.

Entretanto, essa publicação não se limita a uma versão mais recheada da história vista nos cinemas, pois graças a uma sessão intitulada “Regressões”, somos recompensados por páginas contendo regressões dos quatro Assassinos que tiveram contato com Lynch nas instalações da Abstergo: Nathan (Duncan Walpole), Emir (Yusuf Tazim), Moussa (Baptiste) e Lin (Shao Jun).

Portanto, é válido dizer que Christie Golden conseguiu explorar muito bem as possibilidades oferecidas por essa mídia e entregou mais do conteúdo que os fãs de Assassin’s Creed tanto apreciam.

Aparentemente fragmentado, geralmente atarefado mas certamente engajado, este profissional do ramo bancário da seus pulos duplos no mundo dos games por ser fascinado pela forma como esta "arte" influencia os indivíduos.