Definidos os times para fase final do CBLoL Split 1

Esports Notícias

A primeira etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends foi um estouro. Com boa parte das posições da tabela definidas apenas na última rodada, as equipes mostraram o talento esperado para o torneio – alguns, nem tanto – e tornaram esse CBLoL em uma bela disputa do começo ao fim. Agora é hora de preparar o coração, pois os embates das semifinais (que começam no dia 25 desse mês) prometem ser eletrizantes.

A PARTE DE BAIXO DA TABELA

As coisas foram sofridas até na definição das últimas posições. Kabum!, Operation Kino, Remo Brave e até a tradicionalíssima CNB corriam risco de irem direto para o Circuito Desafiante, cargo que acabou ficando para a Brave.

Embora tenha sido a única equipe a não vencer nessa etapa (o que contribuiu diretamente para sua queda), a Remo fez boas partidas e tirou pontos de Keyd Stars e CNB, tidas como algumas das favoritas para chegar à fase final. No entanto, o sonho de permanecer no CBLoL foi praticamente destruído após o empate com a Kabum! na penúltima rodada. O último jogo era a esperança derradeira, mas havia uma paiN Gaming interessada em garantir sua vaga para as semis. Não deu.

Despedida Brave

Remo Brave despede-se emocionada do CBLoL 2017

Por outro lado, o carrasco da Remo, a Kabum!, deve comemorar sua estadia (ainda não garantida, pelo menos) no CBLoL. Além do empate, o time conseguiu apenas uma vitória na primeira rodada, contra a Kino. Com cinco derrotas, a equipe passou por todo tipo de problemas, desde um espaço improvisado e dias sem treinamento até a consequente saída do seu principal jogador e do treinador. Suas partidas foram muito abaixo do esperado (por motivos óbvios) e salvam-se basicamente por sorte e um pouco de incompetência da Brave. Enfrentará agora a Progaming na Série de Promoção.

A Kino, por sua vez, pega a INTZ Genesis na Série de Promoção com a cabeça mais erguida. Depois do começo ruim contra a Kabum!, o time empatou contra paiN Gaming e CNB e venceu a Remo nas rodadas seguintes. Depois de muitas críticas na sua estadia pela CNB, o top laner Aoshi parece ter se encontrado com essa equipe e mostrou bons números, mas Dynquedo fez um papel incrível pela rota do meio.

Por um ponto e com vitória pra cada lado justamente para a Operation Kino na série final, o rei dos empates (4, ao todo) CNB foi uma das grandes decepções dessa etapa. Com um estilo de jogo extremamente reativo, o time foi apático em vários momentos e pouco criou durante todo o torneio, dependendo de jogadas individuais de Lep e TinOwns. A principal justificativa era que “nos treinos, vamos muito bem, mas não conseguimos refletir esses treinamentos da hora do jogo”, o que – convenhamos – não é exatamente um motivo plausível, especialmente para um time bem estruturado, com bons nomes individuais e um dos poucos a manter o elenco desde o ano passado.

CNB

CNB faz partidas apáticas e decepciona

OS CLASSIFICADOS

Em quarto lugar, a Keyd Stars parece ter acordado. A equipe demorou demais para demonstrar boas partidas, porém sua exibição contra a Red Canids na última rodada já serve para deixar a primeira colocada INTZ com o alerta ligado. Com três vitórias e dois empates, o “dream team” pode ter encontrado a peça que faltava para finalmente encaixarem como um time, mas o retrospecto dos Intrépidos e a devastadora derrota para os mesmos na semana 5 ainda deixam a Keyd como uma incógnita na semifinal.

Outra incógnita é a Red Canids. O time cheio de estrelas que começou o campeonato de forma devastadora perdeu o fôlego e o primeiro lugar justamente nas duas últimas rodadas. Aparentemente, o foco do topo Robo precisa ser recalibrado e Tockers e brTT foram muito bem anulados pelos adversários recentes. Claro, tudo isso soa mais como uma relaxada de um time que conseguiu a vaga com tanto tempo de antecedência, porém precisamos ver o comportamento vencedor da equipe retornar nas semifinais.

Red Canids

Red Canids parece ter dado uma desligada, mas ainda é um páreo duro

Do lado da paiN, o destaque vai para alguém longe dos monitores. O treinador MiT tem feito chover nesse CBLoL, com drafts que arruinam seus oponentes (o Aurelion Sol do Kami contra a Red Canids que o diga) e substituições que geralmente terminam em vitórias. Sua coragem em tirar SirT e Kami – há anos titulares da organização – quando acha necessário e sua capacidade de ver em Tay e Rakin novas possibilidades de estratégias ajudaram bastante a equipe e, junto com a INTZ, é o time que mais vejo preparado para ir à final.

Por falar na INTZ, que time é esse? De equipe desacreditada no início do torneio a líder, os Intrépidos deslancharam na semana 3 e não pararam mais. Com vitórias avassaladoras, os jogadores parecem extremamente coesos e focados, até mesmo quando o top Ayel pega um pick maluco. O mid Envy mostrou-se um tremendo de um substituto para a saída de Tockers e o caçador Turtle evoluiu demais nesse CBLoL. Quem diria: a organização é mais uma vez favorita para levantar o troféu.

A FASE FINAL

Com os resultados, as semifinais ficaram assim:

25 de março: INTZ  x Keyd Stars
26 de março: Red Canids x paiN Gaming

Os confrontos seguem o modelo melhor de cinco partidas e os vencedores disputam a finalíssima no dia 8 de abril em Recife – PE. Depois do que aconteceu durante todo o CBLoL, alguém ainda acredita que não teremos jogos incríveis? A MSI que nos aguarde!

Imagens: LoLeSports BR

 

Um simples desenvolvedor com textura realista que quer desligar a PhysX e sonha a 120 frames por segundo. Pena que a memória é baixa.