Ilustradora faz arte conceitual para nova heroína de Overwatch – e todos a querem no jogo

Notícias PC Playstation 4 Xbox One

Despretensiosamente, a ilustradora e estudante de artes tailandesa Weerawan Mapithak (também conhecida como RM-Parfait ou Purrfait) publicou em um fórum do shooter Overwatch seu trabalho de mestrado: uma nova personagem para o jogo.

Até aí tudo bem; os fóruns do game costumam receber diversas ideias de novos heróis, habilidades e visuais. Porém, a ilustradora fez algo tão interessante que imediatamente chamou a atenção dos outros jogadores – e agora todos querem a contratação da garota (ou, ao menos, que o projeto seja adquirido) por parte da Blizzard.

O “projeto Tara”, como é denominado, chama a atenção tanto pela temática quanto a riqueza de detalhes oferecidos nas artes de Parfait. O design da personagem é baseado no peixe betta (ou peixe de briga siamês), uma das espécies mais comuns de peixes ornamentais, e – como não poderia deixar de ser – é uma conservacionista dedicada a “cuidar das costas e proteger a vida marinha” da Tailândia, prejudicada após a crise ômnica.

Tara (“água” em tailandês) assumiria no shooter um papel de suporte, com habilidades de cura e de controle de grupo – Bubble, por exemplo, prenderia o adversário em uma bolha por dois segundos. Quanto ao visual, Mapithak mantém o estilo de Overwatch nos traços e nas cores, mas não se prende ao básico: ela também criou visuais alternativos, incluindo um de Dia das Bruxas, tema já explorado pelo game.

Tara sozinha é suficiente para ganhar o coração dos fãs da obra, mas a artista foi além: criou artes para um mapa de Overwatch, baseadas no conceito da personagem e do país. O estilo segue o mesmo das ilustrações dos cenários exibidas nas telas de carregamento das partidas, igualmente incríveis.

O projeto de Purrfait (conheça mais do trabalho dela em seu site) chamou tanto a atenção que a publicação já ultrapassou os 600 comentários e o próprio Jeff Kaplan, diretor do game, comentou elogiando o trabalho: “uau, isso é incrível! Você é muito talentosa!”. A comunidade do título é extremamente participativa e bastante ouvida pelo time de desenvolvimento, mas será que veremos Tara no jogo? Tomara que sim – afinal, o mundo sempre precisa de mais heróis.

Um simples desenvolvedor com textura realista que quer desligar a PhysX e sonha a 120 frames por segundo. Pena que a memória é baixa.