Executivo da Actvision fala sobre o filme de Call Of Duty

A divisão da Actvision formada em 2015 para transformar seus grandes títulos de jogos em filmes e séries de TV tem trabalhado, entre outros jogos, na produção de uma adaptação de Call Of Duty para as telonas. No entanto, ainda não tivemos muitas informações sobre o que será entregue quando o filme estiver pronto.

Em uma entrevista ao site MCV, o diretor de Produtos de Consumo da Actvision, Tim Kilpin, compartilhou um pouco sobre como deverá ser a abordagem da grande empresa na produção de seus filmes.

Sempre que você tiver uma franquia tão grande como essa, com esse legado, e for expandi-la dessa forma, você precisará ser muito cuidadoso, então, francamente, se o roteiro e a história não estiverem certos, não o faremos. Não é uma dessas situações em que alguém diz: “Eu não me importo, só faça isso!”; não é o que está acontecendo. Nós pensamos que, se bem feito, tem a oportunidade de expandir o público-alvo, além da base tradicional que o jogo atrai.

Ao utilizar essa mídia para abordar um público mais amplo, sem se esquecer dos devidos cuidados, Tim mostra como a Activision está sendo cautelosa quanto ao conteúdo que será revelado. Na entrevista ele até chegou a afirmar que o tom das adaptações teriam um toque parecido com os filmes da Marvel.

Como um jogo classificado para o público maduro, trata-se de um segmento específico e achamos que há uma oportunidade de atingir um pouco mais do que isso, se a narrativa for bem feita, essa é a chave. Terá o mesmo tipo de adrenalina, estética e energia como o jogo, mas não será uma adaptação literal. Será muito mais ampla e inclusiva, de alcance global … um filme grande, com um toque de Marvel.

Quando perguntado sobre a possibilidade de um filme sobre Overwatch, Kilpin apenas revelou que eles “gostariam muito de fazê-lo”, mas não deu uma certeza de sua produção.

Fonte: GameSpot

Author: Vinicius Kazuo

Formado em Administração de Empresas pelo Mackenzie, este profissional do ramo bancário da seus pulos duplos no mundo dos games por ser fascinado pela forma como esta arte influencia os indivíduos.

Share This Post On