HTC Vive atrai maior atenção de desenvolvedores do que Oculus

Nos dias 2 e 3 de novembro desse ano será realizada a VRDC (Virtual Reality Developers Conference) em São Francisco. Os organizadores do evento, os mesmos do mundialmente famoso GDC, realizaram uma pesquisa com mais de 500 profissionais que estão envolvidos no desenvolvimento de jogos de realidade aumentada ou virtual para ter um insight sobre o campo do RV/RA e como os desenvolvedores de games tem se sentido em relação ele.

Levando em consideração o protagonismo do Oculus Rift como o dispositivo que chamou a atenção do mercado de games para a realidade virtual, é de se surpreender que ele não seja o aparelho mais utilizado em projetos dos desenvolvedores atualmente. Em vez disso, temos o HTC Vive com 48,6% contra 43,2% para o Oculus Rift. E quando falamos de qual dispositivo os desenvolvedores pretendem utilizar para seus próximos projetos, vemos que essa liderança do Vive se confirma com 34,6% contra 23,4%. Entretanto, é importante notar que muitos não responderam à questão, o que pode indicar uma incerteza por parte dos profissionais em relação à próxima plataforma que utilizarão para seus jogos.

rsz_11maxresdefault (1)

O baixo custo do Cardboard também parece ter agradado mais desenvolveres, pois 14% deles mostraram interesse em utilizá-lo como sua próxima plataforma para desenvolvimento. O Gear VR só ficou com 10,3% nesse quesito. Quanto ao PlayStation VR, que não foi lançado ainda, somente 12,9% dos entrevistados afirmaram que estão desenvolvendo algo para ele até então.

Um dado que felizmente mostrou um percentual expressivo nessa pesquisa foi que 78,1% dos desenvolvedores não pretendem fazer títulos com exclusividade para nenhum dispositivo de realidade virtual. Isso é algo que pode contribuir para o crescimento do mercado de RV/RA e reduzir o risco desses dispositivos se tornarem fenômenos tão passageiros quanto os jogos de Kinect. A falta de “killer apps” no mercado é uma preocupação de muitos dos respondentes.

Um nome muito citado na parte qualitativa da pesquisa foi o HoloLens, o dispositivo de realidade aumentada da Microsoft, que tem despertado a atenção de alguns respondentes pelas interessantes aplicações feitas para ele. “Não temos visto muito de RA, mas o que tem sido desenvolvido para o HoloLens da Microsoft é uma coisa de louco” relata um dos profissionais.

Ainda é cedo para imaginar quais serão os dispositivos mais utilizados pelos jogadores no futuro, se teremos jogos realmente bons para eles ou se essa forma de imersão irá durar, mas é interessante observar como essa indústria tem se desenvolvido e os esforços de vários integrantes dela para trazer esses protótipos para nossa realidade.

Fonte: GamesIndustry

Author: Vinicius Kazuo

Formado em Administração de Empresas pelo Mackenzie, este profissional do ramo bancário da seus pulos duplos no mundo dos games por ser fascinado pela forma como esta arte influencia os indivíduos.

Share This Post On