Próximos God Of War podem explorar várias outras mitologias

Aparentemente, a mudança da mitologia grega para a nórdica não é o suficiente para Kratos. Em uma entrevista bem completa para a GameInformer, a respeito das direções tomadas em God of War, o diretor Cory Barlog afirmou que o brutamontes pode visitar novos mitos.

Capa da edição de janeiro da Game Informer (Foto: reprodução/Game Informer)

Segundo ele, após as fases grega e nórdica, é possível que “continuemos a seguir para as eras egípcia, maia e assim por diante”. Claro, isso é apenas uma possibilidade, já que a mais recente iteração da série sequer foi lançada.

Ainda que Barlog já tenha mencionado que o próximo título não será o último, o sucesso da empreitada ainda pode levantar mais dúvidas sobre a série, que quase entrou em hiato depois do God of War Ascension. “Muitas pessoas da empresa queriam que ela tirasse um tempo”, revelou Shannon Studstill, chefe do Santa Monica Studios, responsável pelo desenvolvimento da franquia. “Estava ficando velha”.

Por isso mesmo, a saga precisava se revitalizar e alcançar novos mares, algo literalmente feito por Barlog. A inspiração veio em outras franquias de sucesso, mais precisamente nas sagas de Nathan Drake e da Ordem dos Assassinos. “Eu queria que [a série] alcançasse a muitas pessoas; que chegasse ao nível dos Uncharteds e Assassin’s Creeds. Queria que ela crescesse bastante”, conta o diretor.

A novidade, no entanto, não vem de agora. Durante a E3 2016, o mesmo Barlog afirmou que “metade da equipe estava interessada” no cenário egípcio. De qualquer forma, toda essa especulação terá de esperar. Afinal, ainda que não tenha uma data, God of War será lançado este ano.

Author: Marco King

Um simples desenvolvedor com textura realista que quer desligar a PhysX e sonha a 120 frames por segundo. Pena que a memória é baixa.

Share This Post On