The Red Strings Club mistura drinks e tramas

A Devolver Digital cada vez mais se torna um farol de boas idéias, bons games e bons lançamentos para os mais variados nichos de jogadores. Este ano já saíram pérolas como Absolver, Ruiner Strafe dos portões da empresa. E, em parceria com a distribuidora texana, os desenvolvedores da Deconstructeam (Gods Will be Watching), anunciam um novo game reminiscente ao mais jogado gênero de aventura dos anos 90, o point-and-click-adventure intitulado The Red Strings Club.

“Uma experiência narrativa sobre destino e felicidade, com uso extensivo de biocerâmica, bartending e espionagem. A poderosa corporação Supercontinent iniciou um novo e misterioso projeto chamado Social Psyche Welfare, e a capacidade da humanidade controlar seu próprio destino está em jogo. No entanto, o barman de um clube clandestino e um hacker freelance não consideram o projeto uma boa idéia. Ao lado de uma andróide marota, eles vão mexer os pauzinhos (pull the strings) para acabar com esse esquema.” – equipe de desenvolvimento Deconstructeam.

A  criatividade contida no estilo da narrativa, bem como no gameplay do jogo, permite uma liberdade de escolha que possui efeitos colaterais embasados em escolhas morais, similar ao que acontece na jogabilidade de The Walking Dead. A mecânica por trás de The Red Strings Club envolve o jogador sendo um barman influenciando as péssimas decisões das pessoas, em contraste com outra característica que é o manuseio delicado de implantes genéticos de cerâmica.

No esquema da trama, a corporação Supercontinent Ltd está prestes a liberar um sistema que eliminará a depressão, a raiva e o medo da sociedade. No entanto, a dupla de protagonistas não consideram esta evolução como uma melhoria, mas como uma lavagem cerebral. Os dois irão tentar salvar a todos, dentro de um universo com um esquema de jogo pouco ortodoxa para o gênero de aventura point and click

 

Dentro de um universo Cyberpunk, o thriller psicológico permite a você interpretar o humor de seu cliente a fim de misturar o coquetel perfeito para manipular suas emoções no intuito de reunir informações. O game ainda permite ao jogador projetar implantes genéticos altamente tecnológicos para mudar a atitude e guiar a direção dos executivos mais influentes da corporação maléfica. 

Seu lançamento está previsto para janeiro de 2018 para as plataformas PC, Mac e Linux.

Author: João Guilherme

Formado em cinema, gamer há mais de 25 anos, tem 2 gatos e ama unicórnios.

Share This Post On