Análise | Blair Witch – O melhor da Bloober Team

Análises PC Xbox One
9

Incrível

Quando Blair Witch foi anunciado na E3 2019 como um jogo da Bloober Team, me surpreendi visto que Layers of Fear 2 havia sido lançado recentemente. Além disso, Blair Witch difere bastante dos outros jogos da produtora.

Blair Witch conta a história do ex-policial Ellis que adentra a floresta de Black Hills a procura de um garoto desaparecido. Já de início percebemos que Ellis tem assuntos não resolvidos com sua ex-esposa Jess e sua ajuda na busca do garoto não foi solicitada pelos policiais, que inclusive não acham uma boa ideia Ellis ir até a floresta sozinho. É como se ele quisesse provar algo e aos poucos vamos sabendo mais sobre o ex-policial.

De início as coisas vão bem. Pistas são encontradas, caminhos são seguidos, mas logo Ellis descobre coisas que desafiam sua sanidade. A sensação de que está sendo observado logo se torna real.

Bullet, o melhor amigo do homem

Um recurso bem interessante usado em Blair Witch é Bullet, o pastor alemão, fiel companheiro de Ellis. Não gosto nem de pensar do que seria de Ellis sem o cachorro ao seu lado. Com um menu próprio, Bullet pode procurar por pistas, ser afagado ou repreendido. Encontrando itens na floresta, Bullet pode cheirá-los para buscar pistas, além de encontrar e alcançar objetos escondidos.

Blair Witch roda Bullet

Bullet também é muito útil durante o ataque das criaturas. Uma das grandes diferenças de Blair Witch em relação a outros jogos da Bloober Team é o combate, que nesse caso acontece direcionando a luz para os monstros na floresta. Bullet é extremamente útil, já que ele rosna em direção ao monstro, indicando onde o jogador deve direcionar a luz da lanterna.

Blair Witch Bullet acuado

Além disso, sua relação com Bullet influencia no final do game, alterando algumas cenas finais.

Fitas de vídeo e celular

Ellis conta com uma câmera de mão obtida na floresta e durante o game são encontrados dois tipos de fitas: azuis e vermelhas. As azuis servem como dicas do que fazer em certas situações, já as vermelhas alteram a realidade. Por exemplo, ao encontrar uma porta trancada e uma fita vermelha e, durante o vídeo, essa porta é aberta, assistindo o vídeo a porta real também se abre.

Blair Witch câmera

Blair Witch se passa em 1997, então nada de smartphones. Ellis conta com um celular da época, que é muito utilizado. O jogador recebe mensagens com frequência – algumas com destinatário desconhecido -, ligações e é livre para ligar para Jess sempre que tiver sinal. Inclusive, os jogos também estão disponíveis e você pode relembrar o famoso jogo da cobrinha.

Blair Witch jogo da cobrinha

Quem teve um celular do tipo pode até ter algumas vantagens, pois ao receber uma mensagem de voz, vai saber que deve ir até a agenda e procurar o Correio de Voz para ouvi-la.

Filme dos anos 90

Blair Witch se passa no mesmo universo do filme clássico dos anos 90. Inclusive, temos algumas referências aos jovens desaparecidos na floresta. Elementos do filme também fazem parte do game, como as próprias fitas de vídeo e ficar de costas em um canto para não olhar para a Bruxa.

Blair Witch vídeo

O final do game te leva para a mesma casa no final do filme, onde você vivencia diversos horrores impostos pela criatura.

Conclusão

Com certeza Blair Witch traz o melhor da Bloober Team. O jogo tem diversos elementos novos, mas ainda conta com alguns antigos, como alterar o cenário virando o personagem de costas, recurso muito utilizado em Layers of Fear.

Infelizmente o game tem alguns problemas de performance. Disponibilizado no Game Pass, a princípio tentei jogar no PC, mas foi impossível pela queda de frames. Jogando no Xbox, porém, não tive problemas.

A parte final do game, como já mencionado, se passa em uma casa onde Ellis revive todos os seus erros. Se o objetivo do jogo era colocar o jogador na pele de Ellis, fazendo com que ele desejasse a própria morte depois de tanta tortura psicológica, conseguiu, porque eu não via a hora de acabar com aquilo e desejei que a bruxa matasse logo o personagem.

Blair Witch tem grandes momentos e posso dizer que é o melhor da Bloober Team, até agora.

Positivo

  • Bom terror psicológico
  • Cenas icônicas para os fãs do filme clássico
  • Interação com Bullet é bem feita, útil e divertida
  • Boa ambientação

Negativo

  • Precisa de melhoras na performance, principalmente no PC

Resumo

Blair Witch, o novo jogo da Bloober Team, leva o jogador para a Floresta de Black Hills com Ellis e seu companheiro Bullet para encontrar um garoto perdido. Logo a sanidade de Ellis começa a ser posta a prova.
9

Incrível

Amante de livros, séries, mangás e claro, amante de jogos, principalmente aqueles com uma ótima e profunda história. Estuda pedagogia porque precisa trabalhar para comprar os games no lançamento.