fbpx

Análise | Deathloop e o ciclo inovador

Análises PC PS5
10

Maravilhoso

Desde o anúncio e primeiro trailer de Deathloop, não entendi muito bem do que o jogo tratava. Um cara preso em um loop, uma mulher perseguindo e eles tendo que se matar o tempo todo? Estranho. Após alguns vídeos explicando como o jogo funciona, ele começou a tomar forma na minha mente e atiçou o meu interesse. E agora posso explicar para vocês do que se trata Deathloop.

Preso em um mesmo dia pra sempre

O jogador controla Colt, um homem que acorda na praia de uma ilha e não se lembra, de início, o que está fazendo ali ou mesmo o próprio nome. Aos poucos ele vai descobrindo, recebendo dicas dele mesmo, que está preso em um loop temporal onde o mesmo dia se repete na ilha para sempre. Ele quer quebrar o loop, mas é o único no local que deseja isso e portanto todos querem impedi-lo. 

Por todo o cenário o jogador vê frases e comandos soltos no ar. Muitas vezes são pensamentos e podem até ser dicas deixadas por outros Colts em outras linhas temporais. Algumas vezes, você até encontra eles por aí…

Fique atento para as dicas dos outros Colts em Deathloop
image-278544
Fique atento para as dicas dos outros Colts!

Como quebrar o Deathloop?

Quem comanda a ilha e estabeleceu o loop foram oito pessoas chamadas de Visionários. O único jeito de quebrar o loop é matando todos eles em um mesmo dia. Para isso, Colt deve descobrir onde cada um vai estar em cada parte do dia.

Existem quatro locais em Deathloop: Updaam, Complexo, Baía do Karl e Rochedo Fristad. E também quatro períodos do dia: manhã, meio-dia, tarde e noite. Os locais sofrem mudanças de acordo com o período. Uma rota segura que você encontrou pela manhã, pode ser cheia de Eternalistas (os funcionários dos Visionários e que também querem te matar) pela tarde.

Locais e períodos em Deathloop
image-278545

Para descobrir mais sobre os visionários, você deve coletar pistas pelos locais, que revelam seus gostos, onde ficam dependendo do período do dia e até alguns segredinhos sujos.

E quem é a Julianna?

Julianna também é uma Visionária, mas é a mais poderosa. Diferente de todos os outros, ela não pode ser encontrada em um certo local certa hora do dia. Para encontrá-la, você precisa meter o terror pelo mapa. 

Existem duas formas de explorar os locais em Deathloop: de modo sorrateiro e atirando por aí em todo mundo. O modo sorrateiro é mais seguro. Usando seu machete você pode se aproximar silenciosamente dos inimigos e eliminá-los. Seguro, mas devagar.

Julianna está a caça! Deathloop
image-278546

O modo rápido é sair atirando em todo mundo, mas com algumas desvantagens. Munições são uma delas, que são bastante limitadas e outra é a Julianna. Quando você causa muito burburinho em um local, ela aparece e um aviso “Juliana está à caça” pula na tela. Ela tranca todas as saídas e você deve hackear uma antena para poder liberá-las.

Como já disse, ela é muito poderosa e conforme você avança no jogo vai se tornando cada vez mais desafiadora. Mas derrotá-la é recompensador, pois ela te fornece armas raras, além de berloques e placas.

E o que são berloques e placas?

Placas são as habilidades que você pode usar em Deathloop. Teleporte, uma espécie de modo berserker, uma que interliga inimigos (muito útil, por sinal) são algumas delas. Colt pode carregar até três placas, sendo uma delas fixa (já falo sobre ela). 

Berloques são melhorias para Colt e suas armas. São vantagens variadas que vão desde mais velocidade para Colt, mais vida, Pulo Duplo e as armas podem ter uma recarga mais rápida, mais munições, mais precisão. Esses são apenas alguns exemplos dos berloques que possuem categorias de comuns, raros e excepcionais. 

As placas podem ser obtidas ao eliminar Visionários ou a Julianna. Neles também é possível conseguir melhorias para as mesmas. Os Berloques podem ser encontrados em Eternalistas, mas são os Visionários que carregam os excepcionais que você não pode perder.

As missões principais em Deathloop envolvem caçar os Visionários, mas existem as missões secundárias. Chamadas de missões de Arsenal, elas fornecem a Colt dicas de como encontrar equipamentos melhores, envolvendo placas, armas e de bônus, berloques.

Três vidas em cada período

Colt tem uma barra de vida curta e se enfrentar abertamente mais de um Eternalista, pode morrer facilmente… e voltar em seguida. A placa que citei acima que é exclusiva de Colt permite que ele tenha uma segunda chance após morrer. É como se ele tivesse duas vidas extras. 

Então quando você é derrotado, retorna a um ponto um pouco antes de onde morreu e pode se vingar. Mas depois de morrer duas vezes, a placa não funciona mais e se for derrotado você retorna à praia para começar um novo dia. Cada período, porém, reinicia a sua contagem de vidas. 

Essa é mais uma desvantagem de explorar os locais atirando em todo mundo. Você pode rapidamente perder suas vidas e perder o ciclo atual.

Um novo ciclo, tudo de novo

Após o período da noite ou se morrer três vezes em um ciclo, Colt retorna à praia pela manhã. Ele mantém, porém, o conhecimento obtido e todas as pistas coletadas. Mas e seus equipamentos?

Perdidos. A menos que você os infunda. Infundir significa fixar os itens, para que eles não se percam ao final de cada loop, uma ferramenta muito útil no game.

Colete residuum para infundir seus equipamentos
image-278547
Colete residuum para infundir seus equipamentos

Para infundir é necessário ter um material específico, o residuum, que pode ser obtido em objetos pelo mapa e no corpo dos Visionários. Ao morrer, Colt deixa todo o residuum no seu corpo, portanto se você quiser recuperá-lo é necessário voltar ao local onde morreu.

O multiplayer de Deathloop

Ao iniciar Deathloop existem duas opções: Quebrar o  Ciclo ou Preservar o Ciclo. A escolha de quebrar o loop é a campanha singleplayer, da qual falei até o momento, mas também existe a opção contrária na qual você joga como Julianna, invadindo linhas do tempo de Colts (outros jogadores) e tentando matá-los.

Como Julianna você deve cumprir uma série de objetivos para ganhar pontos e melhorar seus equipamentos. Sobreviver por um período de tempo, matar Colt de formas específicas são alguns exemplos de objetivo.

Assuma o papel de Julianna no multiplayer de Deathloop
image-278548
Assuma o papel de Julianna no multiplayer

Infelizmente no momento, com o jogo recém lançado, é muito difícil encontrar algum lobby aleatório para invadir. Se você tiver algum amigo que possui Deathloop, aproveitem!

Conclusão

Deathloop pode parecer confuso de início, mas logo você se situa e percebe que na verdade é um game bem inovador. É divertido e extremamente viciante. Terminei a campanha com mais ou menos 20h de jogo e gostaria que durasse mais. Com certeza é o ápice da Arkane Lyon até o momento.

O jogo está disponível para PlayStation 5 e PC, via Steam. Essa análise foi feita com cópia do PC gentilmente fornecida pela Bethesda.

Siga o Pulo Duplo nas Redes Sociais!

Positivo

  • Gameplay fluída e poderes bem divertidos de se usar
  • O loop pode parecer confuso de início, mas é facilmente entendido e além de tudo traz mecânicas inovadoras
  • Julianna se torna desafiadora com o tempo e apesar de aparecer quando o jogador sai do modo stealth, ela não é sentida como uma punição por matar os inimigos
  • Trama interessante, trazendo personagens complexos e, muitas vezes, divertidos
  • Liberdade para cumprir seus objetivos da forma que achar melhor
  • Legendas e dublagem em PT-BR

Resumo

Deathloop se estabelece como o ápice de Arkane Lyon trazendo uma gameplay divertida, viciante além de inovadora.
10

Maravilhoso

Amante de livros, séries, mangás e claro, amante de jogos, principalmente aqueles com uma ótima e profunda história. Estuda pedagogia porque precisa trabalhar para comprar os games no lançamento.