Análise | Demon’s Souls Remake: De volta à Boletaria

Análises Gaming PS5
9.5

Incrível

O remake nos leva mais uma vez à Boletaria, agora com outra roupagem, mas com seus elementos base intactos.

Demon’s Souls é considerado por muitos um clássico dos video games e a revelação de um remake para a nova geração de consoles agitou bastante a base de fãs. Para essa nova versão temos como desenvolvedora a Blue Pointgames, responsável por vários remakes para o Playstation 4 como Uncharted: The Nathan Drake Collection e Shadow of the Colossus.

O processo de reconstrução de Boletaria deu-se por meio dos recursos originais do jogo, porém trazendo para uma roupagem mais moderna. A captura de movimento dos personagens foi refeita, as músicas foram regravadas com orquestras e boa parte dos dubladores originais retornaram aos seus papéis. Com isso o game ganhou um toque mais refinado, além da completa localização em outras línguas, como em português brasileiro.

A criação de personagens foi reformulada trazendo um pouco mais de opções de personalização.
A criação de personagens foi reformulada trazendo um pouco mais de opções de personalização.

A dublagem brasileira está de parabéns, os personagens tem uma voz que condiz com o visual e não me gerou estranheza, mesmo tendo jogado o original e ainda lembrar das vozes de alguns personagens. Mais um ponto positivo para a Sony, por trazer conteúdo para o Brasil totalmente localizado.

Photo Mode permite capturar momentos antes impossíveis
Photo Mode permite capturar momentos antes impossíveis

Muitos ajustes foram feitos no jogo como um todo, além da melhoria gráfica que agora conta com 4k ou a melhoria de quadros por segundos, que podem chegar até 60, o game conta com um novo HUD (Heads-up Display/monitor de alertas), novas armas, novos itens, mudança no peso de alguns elementos como as ervas.

Novo HUD e detalhes gráficos
Novo HUD e detalhes gráficos

O time de desenvolvimento optou por não expandir o mundo nesse remake e a misteriosa sexta Arquipedra continua inacessível. Em temos de jogabilidade o jogo não teve muitas alterações, o que temos agora é o “mundo fragmentado”, onde todas as localidades estão invertidas horizontalmente. Nesse modo temos também as misteriosas “moedas de cerâmica” que liberam um conjunto exclusivo de armadura caso os jogadores façam uma “quest oculta”.

O realismo dos modelos dos personagens trazem uma aproximação maior com os mesmos. O peso da conversa com Ostrava, a melancolia do fantasma azul do Nexus ou as expressões de Thomas foram potencializados com esse upgrade gráfico.

Torre de Latria
Torre de Latria

Terminar esse remake foi bem mais difícil que da primeira vez, pois os gritos na Torre de Latria estão mais profundos e os Mind Flayer (Esfoladores de mente) estão mais perturbadores. E ainda temos a passagem pelo Vale da Contaminação que continua sendo uma experiência angustiante e claustrofóbica.

Arquepedra em Boletaria
Arquepedra em Boletaria

Com todas mudanças gráficas, retornar a Boletaria teve todo um peso diferente para mim. Me apeguei muito ao desespero de Ostrava ao ver que toda a sociedade que ele conhecia não existia mais, que amigos e conhecidos morreram e que o mundo estava perdido. Projetei muito nosso mundo atual com a COVID-19 em Boletaria, a pandemia, as mortes e tudo isso causado por apenas uma pessoa. Sei que Rei Alant foi movido por busca de poder, diferente do que aconteceu no nosso mundo, mas a comparação foi inevitável nesse momento.

Positivo

  • Novo mundo fragmentado e moedas de cerâmica trazem um novo motivador à exploração.
  • Atenção a detalhes como as almas dos demônios desaparecendo.
  • Localização completa em português do Brasil.

Negativo

  • Não expandiram o mundo, mantendo apenas as cinco áreas originais.
  • Alguns bugs originais foram mantidos, como Ostrava morrer do nada ao recomeçar a fase.
  • Mantiveram as limitações de equipamento por gênero.

Resumo

Demon's Souls Remake é uma bela homenagem à comunidade de fãs que mantiveram o espírito do soulslike vivo até hoje. Essa nova versão reacende a paixão pela franquia e nos trás novos desafios e a oportunidade de contemplar Boletaria mais uma vez.
9.5

Incrível