fbpx

Análise | Dodgeball Academia

Análises PC PS4 PS5 Switch Xbox One Xbox Series
10

Maravilhoso

Dodgeball Academia foi desenvolvido pelo time da Pocket Trap, mesmo estúdio reponsável por Ninjin Clash of Carrots, outro ótimo representante dos games nacionais. A equipe responsável pelo projeto conseguiu criar um RPG baseado em partidas de queimada, trazendo uma abordagem original a um game de esportes.

O protagonista Otto, entra para uma escola onde a queimada é levada muito a sério para provar seu valor como jogador. Entre aulas e partidas, consegue aliados que entram para seu time, enfrenta diversos inimigos e desvenda os mistérios que assombram a instituição.

Dodgeball Academia é um curioso RPG sobre queimada.
image-277474

As referências ao RPG da Game Freak e a outros clássicos dos games, memes e piadas facilmente reconhecidas pelos brasileiros são parte essencial dessa experiência. Entretanto, Dodgeball Academia excede esses recursos com mecânicas de jogo e história bem originais e divertidas, design de personagens cativantes, além de uma trilha e efeitos sonoros bem casado com suas animações .

A combinação de mecânicas clássicas em uma experiência original

A primeira vista, jogadores experientes podem perceber características familiares a outros games em diversas interações. A movimentação pelo mapa, assim como algumas outras características do jogo, lembra muito os títulos da franquia Pokémon. Otto também é abordado por outros jogadores da mesma forma como treinadores de pokémons, mas assim que a partida começa vemos um sistema de combate diferenciado.

Dodgeball Academia oferece um sistema de combate bem desenvolvido.
image-277475

Vemos as regras de queimada no campo de batalha, mas cada personagem tem sua barra de vida e uma forma diferente de arremessar a bola. Arremessos diretos, curvos, ou até mesmo com dano elemental são só alguns exemplos do tipo de desafio que o protagonista deve enfrentar ou adicionar em seu time. Da mesma forma como certos jogos do gênero de luta, os personagens têm uma barra de especial ( que nesse caso se chama “Esbolecial”). Desde poderosos ataque a técnicas de cura de time, podemos ver uma grande diversidade de “Esboleciais”.

Muito personagens podem se juntar a equipe de Otto, mas somente três podem entrar em uma mesma partida. Por isso, é importante entender cada força e fraqueza de seus integrantes para ter bons resultados. Além disso, até dois itens podem ser equipados para oferecer os mais variados efeitos na quadra.

Outros itens que tornam cada partida única são as bolas disponibilizadas no campo de batalha. Certas bolas têm efeito elemental, causam danos a quem as segura por muito tempo ou até podem anular os efeitos de itens equipados.

Design, efeitos sonoros e trilha

O conjunto da obra consegue prover harmonia entre seu design cartunesco e efeitos sonoros bem casados com suas animações. Cada aluno da escola de queimada apresenta características visuais únicas, que podem oferecer pistas sobre suas habilidades e movimentos especiais.

Temos um ótimo casamento entre design, animações e som em Dodgeball Academia.
image-277476

A trilha sonora é estimulante e dita o ritmo das partidas, enquanto os efeitos sonoros beneficiam a sensação de impacto e outros efeitos causados pelos ataques entre adversários. Por outro lado, temos músicas agradáveis para acompanhar o jogador pelos diversos cenários do colégio e arredores, o que proporciona uma identidade sonora adequada para cada ambiente.

Dodgeball Academia fala com o público brasileiro

Como um produto desenvolvido por um time brasileiro, o jogo consegue uma localização que não seria possível com profissionais sem essa cultura. Os diálogos entre personagens revelam sotaques regionais, gírias e piadas que se conectam com jogadores do Brasil. Essa característica é muito bem aproveitada e torna toda a experiência mais interessante para o público nacional.

Além do uso de textos e narrativas, a representação de nossa cultura também pode ser identificada em certos itens utilizados para curar, ressuscitar ou melhorar status dos personagens. Coxinhas, pasteis e muitas outras delícias de nossa culinária ajudam a compor o cardápio do jogo para a nossa alegria.

Conclusão

Como um excelente RPG de esporte, Dodgeball Academia, entrega uma experiência com mecânicas de jogo divertidas, um design de personagens bem trabalhado, trilhas sonoras e animações adequadas ao conjunto da obra e uma narrativa interessante o suficiente para guiar o jogador por essa aventura. Além de todas essas características positivas, a representação da cultura brasileira em uma produção desse nível traz um diferencial para esse jogo em relação aos outros que estão no mercado hoje, pelo menos para o público nacional.

Positivo

  • Design de personagens cativantes
  • Animações bem sincronizadas com efeitos sonoros
  • Trilha sonora adequada a cada momento do jogo
  • Mecânica de jogo divertida
  • Bom uso de design e diálogos para representar o Brasil

Resumo

O RPG de queimada desenvolvido por brasileiros, Dodgeball Academia, tem design de personagens cativantes, animações bem sincronizadas com efeitos sonoros, uma trilha sonora adequada a cada momento do jogo, mecânica de jogo divertida e faz bom uso de design e diálogos para representar o Brasil.
10

Maravilhoso

Aparentemente fragmentado, geralmente atarefado mas certamente engajado, este profissional do ramo bancário da seus pulos duplos no mundo dos games por ser fascinado pela forma como esta "arte" influencia os indivíduos.