Análise | Fluffy Horde – Matar coelhinhos nunca foi tão prazeroso

Análises PC
9

Incrível

Tower Defense do time brasileiro é desafiador e hilário.

Fluffy Horde é um game estilo Tower Defense do time brasileiro Turtle Juice. Pra quem não está acostumado com o termo, é um tipo de jogo onde seu objetivo é proteger certo objeto. Em Fluffy Horde esse objeto pode ser um moinho, uma princesa ou até mesmo uma vaca.

O jogo se inicia com tarefas simples, para que o jogador se acostume. Fazer soldados ou arqueiros e defender o moinho contra o inimigo. E o inimigo aqui é o grande diferencial: coelhos. Você pode pensar: como uma criatura tão fofinha pode ser inimigo? Mas se você conhece Monty Python, sabe do que estou falando. Os coelhos comem tudo a sua frente: plantações, construções e até pessoas. E não adianta tentar deixar as criaturas de olhos vermelhos afastadas, pois elas se multiplicam rapidamente fazendo com que o problema se agrave.

Os objetivos vão se tornando mais complexos com o passar das fases. Proteger uma vaca para que ela chegue ao alimento, mas ela se assusta com os coelhos e caso eles se aproximem, ela irá parar de andar. Depois você deve escoltar uma princesa a uma festa, mas ela atrai as criaturas que caso se aproximem, vão comê-la viva. Como é comum em jogos do tipo, o jogador pode simplesmente passar para o próxima fase, ou tentar cumprir os objetivos da mesma para completá-la 100%. Esses objetivos são variados: não deixar que a princesa tome dano ou não criar soldados, por exemplo, e fazem com o que o jogador tenha que planejar antecipadamente cada detalhe.

Até aqui o jogo já parece interessante, mas não falei sobre a melhor característica do mesmo: o humor. Como se matar coelhos assassinos não fosse o bastante, o jogo traz algumas cenas… questionáveis. Como um grande coelho rosa que “libera” outros coelhos pelo seu corpo, e a dica: não é pela boca. Além de alimentar a vaca por uma árvore de teta que acaba sendo uma cena um tanto estranha.

E para melhorar, temos as vozes que dão um toque a mais em todo o humor presente no jogo. Temos a princesa, uma patricinha nata que é chata até quando morre. E também tem a cenoura, meu personagem favorito, que você pode conferir mais detalhes no vídeo abaixo:

Os pontos negativos são poucos, mas existem. A disposição de algumas dicas no início das fases, aparecem cortadas, impedindo a leitura. E, apesar do jogo ser brasileiro, o nosso português não está presente nos idiomas, o que pode afastar jogadores que não são muito familiarizados com o inglês.

Fluffy Horde tem quatro mundos com diversas fases onde você persegue o mago que controla os coelhos malignos e a cada fase o desafio aumenta enquanto novos elementos vão aparecendo. Eu espero que o game apareça em outras plataformas, como a mobile, que eu acho que se encaixa muito bem.

Se você é fã do estilo, Fluffy Horde é capaz de satisfazer sendo um jogo engraçado e desafiante. Abra logo a sua Steam, só tome cuidado com os coelhos!

Positivo

  • Desafiador
  • Humor esquisito e maravilhoso
  • Ótimas dublagens

Negativo

  • Algumas dicas não podem ser lidas na tela inicial das fases
  • O jogo é brasileiro, mas não tem opção de texto em português.
9

Incrível

Amante de livros, séries, mangás e claro, amante de jogos, principalmente aqueles com uma ótima e profunda história. Estuda pedagogia porque precisa trabalhar para comprar os games no lançamento.