Análise | HyperParasite

Análises PC
9

Incrível

Conheci HyperParasite por meio de um Festival de Jogos da Steam, onde o game já me chamou a atenção. O plot, situado nos anos 80, nos conta a história de uma forma alienígena que chegou à Terra e tem o poder de tomar o corpo dos humanos usando-os ao seu bel prazer.

O jogador toma a pele desse alienígena, o parasita, que, como todos da sua espécie, precisa de hospedeiros para sobreviver. De início, você não passa de uma massa disforme e frágil, onde qualquer ataque o elimina. As coisas mudam quando o parasita toma um hospedeiro, absorvendo suas habilidades.

Tome os corpos e use as habilidades dos hospedeiros em HyperParasite
image-272301
Tome os corpos e use as habilidades dos hospedeiros

Cérebros, para aprender

Nem todo humano pode ser tornar um hospedeiro de início. Para ter a capacidade de tomar o corpo e usar as habilidades de certos humanos, é necessário conseguir um cérebro primeiro. Esses inimigos possuem um cadeado sobre suas cabeças, tornando-os fáceis de identificar. Eles possuem uma chance de “dropar” o cérebro após serem derrotados. Quando isso acontece e depois de pagar uma taxa, o jogador pode finalmente tomar aquele corpo como hospedeiro.

Ao chegar em novos estágios, todos os humanos estão trancados, tornando muito difícil continuar se você perde seu hospedeiro atual. Os cérebros não caem dos inimigos facilmente, fazendo algumas rodadas em novas fases bastante frustrantes.

Colete cérebros para tomar novos hospedeiros em HyperParasite
image-272302
Colete cérebros para tomar novos hospedeiros

Mapa facilmente explorável

Um dos aspectos maravilhosos em HyperParasite é o mapa. Ele possui ícones facilmente identificáveis e você pode teletransportar para qualquer parte que já foi explorada, algo muito útil em jogos estilo roguelike, onde verificar cada sala faz parte do processo.

Em cada um dos estágios é possível encontrar Wito, um parasita como você, que tomou a pele de um vendedor e tem como único interesse acumular dinheiro dos humanos. É na loja dele que você armazena e paga a taxa para utilizar os cérebros que encontra. Também é possível comprar recursos passivos (como dano constante de fogo) e ativos (como granadas e drones) para ajudar o seu hospedeiro.

Pelo mapa o jogador também encontra pontos específicos onde é possível aumentar o ataque, defesa e vida parasita. Esses pontos possuem uma outra utilidade no modo cooperativo.

É possível teleportar para qualquer parte do mapa, após explorá-lo.
image-272303
É possível teleportar para qualquer parte do mapa, após explorá-lo.

Modo Co-op e Millennials

É possível jogar no modo cooperativo local, onde cada jogador controla um parasita e pode tomar corpos aleatórios. Nesse modo, os pontos onde normalmente se melhora atributos, servem também para reviver os aliados.

Há o modo “Wrong Millennium”, uma clara piada de boomers x millennials, onde você pode escolher qual parasita irá iniciar, tornando a jogabilidade consideravelmente mais fácil.

É possível escolher melhorias em pontos do mapa.
image-272304
É possível escolher melhorias em pontos do mapa

HyperParasite se mostrou um jogo divertido e viciante, jogando sozinho ou acompanhado. Um jogo para qualquer geração.

Siga o Pulo Duplo nas Redes Sociais!

Positivo

  • Gameplay divertida com hospedeiros variados
  • Mapa com ícones facilmente identificáveis, podendo teleportar livremente após explorado
  • Modo cooperativo torna a gameplay ainda mais divertida

Negativo

  • Ao iniciar um novo nível, cérebros deveriam dropar mais facilmente

Resumo

Sozinho ou acompanhado você pode se tornar o parasita, tomando o corpo e habilidades dos seus hospedeiros.
9

Incrível

Amante de livros, séries, mangás e claro, amante de jogos, principalmente aqueles com uma ótima e profunda história. Estuda pedagogia porque precisa trabalhar para comprar os games no lançamento.