Análise | Observation – Um bom suspense no espaço

9

Incrível

Observation, novo jogo da No Code, mesmos criadores de Stories Untold, foi lançado no dia 21 de maio. O game traz uma proposta interessante para um tipo de narrativa que já foi explorada diversas vezes: uma tripulação perdida no espaço com uma ameaça iminente.

A diferença em Observation é que o jogador não controla um personagem em carne e osso, fugindo pela estação espacial. O jogador é SAM, uma inteligência artificial. SAM acessa a estação por meio das câmeras da mesma ou por uma esfera que se locomove flutuando entre as salas.

observation

O prólogo

Quando o jogo se inicia, claramente é uma situação atípica onde algo deu errado. A única tripulante que parece ter sobrevivido é a doutora Emma Fisher. Ela solicita comandos para o SAM, ou seja, para o jogador, que podem ser feitos e respondidos em uma tela de resposta.

Quando ela pede que SAM veja a distância deles em relação a Terra, o jogador descobre que eles estão próximos a Saturno. Aparentemente, SAM que os levou para lá, mas como a memória do mesmo foi degradada com a viagem, não sabemos o motivo inicialmente. O prólogo do game acaba quando uma criatura extraterrestre em forma de hexágono entra em contato e a mensagem “Traga ela” aparece em letras garrafais.

observation

Bom, parece que a criatura pediu que SAM levasse Emma para Saturno, mas com que intuito? Qual era a missão da Observation, a estação espacial? Onde está o restante da tripulação? Essas são perguntas que o jogador tenta responder resolvendo puzzles, acessando computadores e lendo documentos.

Outra diferença entre Observation e outros jogos de tensão no espaço é que a criatura extraterrestre não persegue o jogador. Ela conversa com SAM por meio de símbolos que devem ser memorizados e repetidos. De início esses símbolos não fazem muito sentido, mas logo percebe-se que há um símbolo para cada tripulante, assim como um para SAM, e outros, que ainda não descobri o significado.

Uns probleminhas

Observation é um tipo de jogo que simplesmente coloca o jogador frente a uma situação e espera a resolução para avançar. Há alguma ajuda sobre comandos, porém muitas vezes fiquei travada no game sem saber o que eu tinha de fazer. É diferente de estar travado em um puzzle e não saber como resolvê-lo. O que me frustrava muitas vezes é que eu não sabia se estava dentro de um quebra cabeça ou se tinha deixado alguma informação passar e precisava voltar um pouco. Quando peguei o jeito do jogo e entendi a mecânica do mesmo, já estava no fim e logo tinha terminado.

Outro ponto que me trouxe alguns problemas foi o auto-save. Não há uma maneira de save manual e o auto-save não é tão frequente como estamos acostumados com os jogos atuais. Muitas vezes tive que repetir alguns processos, porque pensava que o jogo tinha salvo depois de uma cena, mas não aconteceu. Normalmente não preciso me preocupar em atentar se o jogo salvou antes de fechá-lo, mas em Observation isso é necessário.

Uma história ótima

O ponto alto do game fica na narrativa. O novo jogo da No Code é um deleite para os fãs de ficção científica. Dá para perceber algumas referências a 2001, Uma Odisseia no Espaço. Os símbolos apresentados pela criatura lembram A Chegada. Fora todo o clima de mistério e suspense que permeiam todo o jogo, o final traz algumas respostas, mas levanta diversas outras perguntas.

Observation é o tipo de jogo que você precisa conversar com alguém sobre quando o termina. O final irá agradar principalmente aos criadores de teorias.

Conclusão

Em resumo, apesar de ser confuso em alguns momentos, Observation é cativante e consegue criar e manter o clima de suspense. Possui um final que não responde todas as perguntas e cria novas, mas isso é um ponto positivo do game e não o contrário.

Observation fez parte de uma série de gameplay na nossa página do Facebook. Caso queira conferir o game completo, acesse os links:

Observation – Parte Um
Observation – Parte Dois
Observation – Parte Três
Observation – Parte Quatro
Observation – Parte Cinco

Positivo

  • Consegue trazer inovação para o gênero
  • Mantém o clima de suspense e mistério
  • Ótima narrativa
  • Final satisfatório, embora seja aberto a interpretações

Negativo

  • Pode ser confuso ás vezes
  • Auto-save não acontece com muita frequência
9

Incrível

Amante de livros, séries, mangás e claro, amante de jogos, principalmente aqueles com uma ótima e profunda história. Estuda pedagogia porque precisa trabalhar para comprar os games no lançamento.