Mais conteúdo para The Witcher III ainda esta semana

Notícias PC Playstation 4 Xbox One

É inegável que The Witcher III: Wild Hunt vem fazendo um sucesso estrondoso, mas nem tudo é perfeito. Em virtude dos diversos problemas que o game tem apresentado, especialmente em sua versão para PC, a desenvolvedora CD Projekt Red disponibilizou ontem (25/05) mais um pacote de correções e melhorias para o jogo.

Entre outras coisas, este patch – o quarto depois de apenas uma semana de lançamento oficial – repara alguns problemas comuns, como a combustão espontânea de gases do pântano (não era a tocha que Geralt carregava) e diálogos não traduzidos ou que se repetiam, além de aprimorar o desempenho do NVIDIA Hairworks (tecnologia usada para simular e renderizar pêlos) e na qualidade das texturas nas definições gráficas Alta (High) e Ultra. Também insere novas cartas no minigame Gwent, o que já torna o download do patch bastante atrativo. Essas e todas as outras alterações podem ser lidas aqui (em inglês).

Geralt

Mais conteúdo para Geralt desbravar (Foto: Reprodução/The Witcher III)

Dois novos conteúdos também devem estar no ar ainda nesta semana, ainda que não tenham uma data definida. O primeiro é o contrato Missing Miners, que acontece na região de Skellige, enquanto o segundo é cosmético: um novo visual para Yennefer (Alternate Look for Yennefer). Eles fazem parte do pacote de 16 conteúdos adicionais gratuitos que a CDPR prometeu lançar para o título, sendo que outros dois (Temerian Armor Set e Beard and Hairstyle Set) foram distribuídos assim que o Wild Hunt ficou disponível. O restante deve sair até julho.

Além deles, mais duas expansões pagas foram anunciadas: Hearts of Stone e Blood and Wine, e estarão disponíveis em outubro deste ano e no começo de 2016, e custarão US$9,99 e 19,99 , respectivamente. Ambas fazem parte do pacote de expansão (Expansion Pass) do jogo, que custa R$64,99 na Steam e R$68,99 na PlayStation Store (valor na Xbox Store brasileira não foi encontrado, mas custa US$29,99 na loja americana).

Um simples desenvolvedor com textura realista que quer desligar a PhysX e sonha a 120 frames por segundo. Pena que a memória é baixa.