INTZ vence o CBLoL e tenta sua vaga no Mundial

Esports Notícias

No último sábado, os Intrépidos da INTZ venceram mais uma etapa do Campeonato Brasileiro de League of Legends, pelo placar de 3×1, em cima da CNB e-Sports. O resultado leva a equipe para mais um International Wildcard, torneio que engloba times de regiões emergentes do cenário para lutar pela classificação ao mundial da categoria.

INTZ

Mesmo com uma vitória incrível da CNB no jogo 2, com uma escolha impensada da nova campeã Taliyah – havia aparecido em apenas um jogo do CBLoL, nas mãos do jogador Bruno “Goku” Miyaguchi, da Operation Kino -, a INTZ mostrou novamente suas armas características, que, pelo jeito, poucos no Brasil conseguem controlar. Enquanto os jogadores de rota controlam bem as lanes, Gabriel “Revolta” Henud pressiona o caçador adversário em seu próprio terreno. Além disso, quaisquer vacilos são duramente punidos pelo time, coisa que a bot lane dos Blumers fez bastante, especialmente nos dois últimos games. Os jogadores da rota inferior, ao contrário do restante do time da CNB, parecem ter sentido a falta de experiência em momentos decisivos e, claro, os Intrépidos aproveitaram para abrir uma vantagem contínua (o chamado efeito snowball), sem dar brechas para o adversário.

Embora tenha fracassado na final, a nova formação azul foi o destaque positivo do torneio. Última colocada na etapa anterior, a organização trouxe três nomes cheios de experiência para o segundo split e não decepcionou. Uma história de superação daquelas que gostamos de ver.

Do outro lado, está a afirmação de um time extremamente coeso e companheiro, que vai para cima do oponente quando precisa e defende o quanto pode. Novamente, Revolta e companhia brilham e reafirmam-se em um cenário evolutivo, que precisará crescer ainda mais para bater esses campeões.

[youtube=”https://www.youtube.com/watch?v=9rr06m7rZxo”]

Os olhos, então, voltam-se para o International Wildcard, justamente um torneio onde a INTZ não possui um bom retrospecto, com eliminações precoces mesmo com o status de favoritos a seu favor. No entanto, o time terá uma excelente oportunidade para mudar esse quadro, pois o campeonato ocorrerá justamente no Brasil, mais precisamente em São Paulo durante a fase de grupos e em Curitiba, nas finais.

Um simples desenvolvedor com textura realista que quer desligar a PhysX e sonha a 120 frames por segundo. Pena que a memória é baixa.