Drifting Lands mistura tiro com RPG-ação e já está disponível no Steam

Notícias PC

Para quem gosta de um bom “jogo de navinha” e tem saudades de R-Type e similares, chegou ao Steam no dia 5 de junho Drifting Lands. O game foi desenvolvido pela Alkemi, um estúdio francês independente que tem uma certa tara por combinar estilos. Seu primeiro jogo, Transcripted, misturava twin stick shooters (Geometry Wars, por exemplo) com puzzles de match-three (os Candy Crush‘s da vida).

Drifting Lands continua o projeto da Alkemi misturando RPG de ação com um clássico jogo de tiro em visão lateral. O game aposta na customização e progressão de sua nave no estilo dos RPGs para temperar a jogabilidade, fugindo do estilo bullet hell (“inferno de balas”, entenda com esse vídeo de Radiant Silver Gun…). O resultado é uma experiência mais acessível e baseada em combinações de habilidades, equipamentos pilhados de inimigos e incrementos de atributos.


O jogo se passa nos céus de um mundo destruído por um cataclismo global. Anomalias gravitacionais mantêm os pedaços de rocha flutuando juntos e os últimos continentes à deriva são controlados por corporações privadas autoritárias. É um cenário curioso que pode gerar histórias interessantes e dar muita cor à experiência. Cor, aliás, não falta aos lindos gráficos do game.

Drifting Lands já está disponível no Steam para Mac e Windows PC. A Alkemi afirma em seu site que é provável um lançamento futuro para Linux e que adoraria ter o game nos consoles, mas que, por enquanto, isso é só um sonho. Confira o trailer:

Historiador cultural. Geek de games, quadrinhos, filmes, RPG, manga e outros. Levemente dissociado da realidade. Viciado em abacaxi.