PGL Major Krakow 2017: SK Gaming passa tranquila pela Astralis; Immortals atropela Vega Squadron

Esports Notícias

O segundo dia do PGL Major Krakow 2017, o último torneio de Counter Strike:Global Offensive do ano patrocinado pela Valve, trouxe só alegrias para os brasileiros. Disputado na cidade de Cracóvia, na Polônia, o torneio conta com os brasileiros da SK Gaming, os melhores do mundo, e os brasileiros em renovação e crescimento da Immortals.

Nesta segunda-feira (17), a Immortals jogou contra os russos do Vega Squadron, que pareciam ainda estar tontos depois do atropelo que tomaram no dia anterior dos poloneses da Virtus.Pro, perdendo de por 16 a 2 na Nuke. Hoje, os brasileiros tiveram uma atuação convincente na Train e esmagaram os russos por 16 a 6. Ontem, mesmo perdendo, a Immortals já havia mostrado que vem forte para o campeonato em seu jogo contra a Astralis, o time dinamarquês que já foi o melhor do mundo neste ano. O jogo foi para a prorrogação, mas o time do Brasil foi derrotado por 19 a 17 na Overpass.

Sobrou para a SK Gaming vingar seus compatriotas hoje. Em uma situação mais confortável do que a da Immortals, eles enfrentaram a Astralis depois de terem derrotado os europeus da Penta em um jogo tenso na manhã de ontem, que terminou no placar de 16 a 13 na Inferno em favor da SK. Nessa tarde de segunda-feira, os brasileiros abriram 13 a 2 na primeira metade em cima da Astralis, novamente na Inferno. Depois de tomarem um pequeno susto de cinco rodadas de vitória dos dinamarqueses na troca de lados, a SK Gaming conseguiu desacelerar o ritmo da Artralis, deixo que pontuassem só mais uma vez e fechou o jogo em 16 a 8.

Dessa forma, a Immortals joga amanhã contra outro time com uma vitória e uma derrota, a Natus Vincere, e a SK Gaming com outro time com duas vitórias e nenhuma derrota, a BIG. As partidas acontecerão, respectivamente, às 10h30 e às 16h30 no horário de Brasília, com transmissão em português pela Twitch.

Colunista da ESPN Esports Brasil e redator freelancer. Já escreveu em sites gringos como Kill Screen, Zeal, The Indie Game Magazine e Versions, além de ter gerenciado seu próprio site no Brasil. Atualmente busca explorar os Esports de todas as formas possíveis.