BGS 2019 | Prévia de Final Fantasy VII Remake

Um dos games mais requisitados, Final Fantasy VII Remake foi um dos maiores destaques da Sony durante a Brasil Game Show 2019.

Notícias Playstation 4

Finalmente testamos Final Fantasy VII Remake. Mais precisamente, a demonstração presente na Brasil Game Show 2019. Apesar da fila gigantesca, valeu a pena esperar! O jogo está incrível e bem longe de ser uma versão do XV com um jogo com Noctis usando uma skin de Cloud. De longe, o melhor jogo AAA apresentado no evento.

Começamos a demo com a clássica missão de Cloud e Barret ingressando nas entranhas de uma das usinas de energia de Midgard para implantar uma bomba e inutilizar a instalação. Enfrentamos alguns guardas e robôs de segurança até chegar ao chefão do cenário, o Scorpion Sentinel. Os inimigos iniciais são fáceis de derrotar e servem apenas para o jogador acostumar-se com os comandos.

Final Fantasy VII Remake
O clássico robô escorpião é o chefe da demonstração.

Quase todos botões do controle do PlayStation são utilizáveis no gameplay. A única exceção é o triângulo, que possivelmente possuirá um tipo especial de ataque, mas que não foi implementado na demo. Gostaria de deixar claro que as mecânicas do jogo são parecidas com Final Fantasy XV. Só que muito melhor. Tudo o que poderia servir de reclamação no XV em relação aos comandos foi melhorado em Final Fantasy VII Remake .

A troca entre personagens jogáveis é simples e prática.

As barras de ação durante a batalha funcionam de forma impressionante. Cada ataque especial ou ação gasta uma barra. Algumas gastam até duas ou mais. Porém, enquanto o jogador espera a barra encher, ele pode realizar golpes simples e esquivar dos ataques inimigos.

E não é preciso se desesperar para usar os comandos assim que a barra é completada. O jogador pode usar menus de comando para escolher com cuidado suas ações, enquanto o tempo na batalha é ligeiramente pausado. Para veteranos de antigos J-RPG, este sistema lembra o que é encontrado em jogos da série Star Ocean.

Desesperado com a quantidade de informações na tela. Relaxe e use os “menus de comando”.

Mas o grande destaque do trailer fica por conta da dinâmica de múltiplos personagens. Temos Cloud, o soldado ágil com sua espada montante. Seus ataques são rápidos e sua esquiva funcional. Dando suporte está Barret, com seu braço metralhadora e magias de ataque dando suporte. Porém, com um simples apertar de botão, as posições são invertidas e Barret torna-se o personagem jogável. Esse sistema é muito útil e prático em relação ao posicionamento de cada personagem no cenário e os tipos de ataques necessários em determinados momentos. Foi algo que faltou em Final Fantasy XV, mas que foi melhorado e inserido neste game.

Final Fantasy VII Remake será lançado em 3 de março de 2020 com exclusividade para o PlayStation 4.

Jornalista, analista de mídias e sergipano com orgulho. Apaixonado por "quase" tudo que vem do Japão, em especial animes e jogos. Um eterno sonhador que sempre busca novos desafios!