Pokémon Home é oficialmente apresentado

Por 16 doláres anuais, os usuários terão acesso ao conteúdo completo do aplicativo Pokémon Home. O lançamento oficial será em fevereiro.

Android iOS Switch

Demorou, mas a Nintendo finalmente revelou detalhes do novo serviço Pokémon Home, anunciado desde o início de 2019. O site oficial e também detalhes sobre aplicativo que servirá para estocar os pokémon dos treinadores foi apresentado.

Finalmente, o aplicativo será lançado.

Utilizando um sistema de armazenamento em nuvem, Pokémon Home é compatível com o Nintendo Switch e com dispositivos móveis. Projetado para guardar pokémon dos treinadores, o aplicativo utiliza a Conta Nintendo do usuário.

Com o aplicativo será possível trocar pokémon direto pelo celular, PC ou Switch, conectar com diferentes jogos da franquia e mover os monstrinhos de bolso entre jogos compatíveis.

Pokémon Home
Integração é a palavra da vez.

Pokémon Home terá assinaturas no plano básico e pago. No primeiro, que é gratuito, não é possível fazer a transferência do Pokémon Bank (antigo sistema de armazenamento do 3DS), só haverá 30 espaços para depositar Pokémon e apenas 3 espaços para na caixa de trocas (Wonder Box). O número de Pokémon possíveis para troca global (GTS) é de apenas um, além do usuário ter acesso às salas de troca de monstrinhos.

Pokedéx é uma das funcionalidades do Pokémon Home.

No plano pago, a mensalidade é de três dólares ou o pagamento anual de 16 dólares. Os assinantes poderão fazer transferências do Pokémon Bank, depositar até 6 mil monstrinhos, ter 10 espaços na Wonder Box e três na GTS. O usuário do serviço pago também poderá participar e criar salas de troca, além de poder analisar os atributos e status dos pokémon dentro do próprio aplicativo.

O aplicativo será lançado em fevereiro. Particularmente, achei salgado o valor da assinatura mensal, já que no Pokémon Bank era quase metade do valor. Apesar da integração entre dispositivos, não foi revelado nada sobre distribuições e eventos dentro do Pokémon Home. Vamos esperar para ver.

Jornalista, analista de mídias e sergipano com orgulho. Apaixonado por "quase" tudo que vem do Japão, em especial animes e jogos. Um eterno sonhador que sempre busca novos desafios!