Pesquisa Game Brasil revela que 69,8% das mulheres brasileiras jogam jogos eletrônicos

Perfil das mulheres gamers brasileiras é detalhado na Pesquisa Game Brasil.

Artigos Notícias Notícias

A Pesquisa Game Brasil (PGB), referência no estudo de hábitos de consumo do gamer brasileiro, revelou em sua 7ª edição que 69,8% das mulheres no Brasil jogam jogos electrônicos, independente da plataforma. A pesquisa também mostrou que o público feminino é a maioria entre os gamers brasileiros pelo 5º ano consecutivo, representando 53,8% do público.

Do público gamer total no Brasil, 67,5% são casuais e 33,5% hardcore. Entre os casuais, as mulheres também são maioria, representando 61,9%. Por outro lado, os hardcore gamers tem como maioria o público masculino. As mulheres são 38,7% dos harcore gamers.

Pesquisa Game Brasil 2020 mulheres

A percepção das mulheres sobre sua relação com videgames revela que 76,7% se identificam com o perfil casual, enquanto apenas 23,3% se definem como hardcore, aquele cujo hábito de jogar é destacado dentro de suas preferências de entretenimento.

Mesmo com uma população menor, as mulheres harcore gamers jogam três vezes ou mais por semana, em sessões que duram por volta de 3h. Já as casuais levam até 1h por sessão.

O head de Gaming na Go Gamers, Carlos Silva, comentou sobre essa informação:

Existe uma falsa noção de que os homens são os principais consumidores de jogos eletrônicos no Brasil, mas não apenas as mulheres representam a maioria deste público quanto também estão cada vez mais engajadas nos games, dos eSports aos consoles, passando pelo celular.

A plataforma favorita segundo 69,8% das mulheres é o smartphone, e 50,1% jogam todos os dias nele. Nos consoles, 38,4% das gamers dedica de 1 a 3h por dia. Nos celulares, 32,7% do público feminino joga por até 1h por dia, mesma quantidade de horas que 36% das mulheres investem diariamente para jogar no computador.

Pesquisa Game Brasil: 36% das mulheres investem 1 hora diariamente para jogar no computador.

Realizada pelo Sioux Group, através da unidade de negócios Go Gamers, ESPM e Blend New Research, a PGB considera jogadores (ou gamers) todos aqueles que afirmam possuir o hábito de jogar jogos digitais.

Na PGB 2020 foram ouvidas 5.830 pessoas em 26 Estados e no Distrito Federal, no mês de fevereiro. Para saber mais detalhes sobre o mercado de games brasileiro acesse o site oficial da PGB.

Aparentemente fragmentado, geralmente atarefado mas certamente engajado, este profissional do ramo bancário da seus pulos duplos no mundo dos games por ser fascinado pela forma como esta "arte" influencia os indivíduos.