Yoshinori Ono, produtor de Street Fighter V, deixa a Capcom

Com mais de 25 anos de carreira, Yoshinori Ono deixa a Capcom oficialmente em breve. O produtor foi responsável por sucessos como Street Fighter IV e V.

Esports Notícias PC Playstation 4

Yoshinori Ono fará falta. O produtor executivo da série Street Fighter anunciou sua saída da Capcom no verão japonês (inverno por aqui), após quase 25 anos de trabalho.

Yoshinori Ono
Ono é um dos principais responsáveis pelo sucesso de Street Fighter IV e V.

Rumores apontam que o produtor entrou em conflito com a Capcom em relação ao desenvolvimento de Street Fighter VI. Parte destes rumores surgiram após o profissional não participar do Japan Fighting Game Publishers Roundtable, evento digital que reuniu os maiores nomes dos profissionais de jogos de luta.

Abaixo, você confere o comunicado de Ono:

Caros jogadores da série Street Fighter e membros da comunidade de jogos de luta.

Muitos eventos inesperados ocorreram globalmente em 2020. Especialmente a pandemia da COVID-19 que afeta significativamente a vida e a saúde de muitas pessoas em todo o mundo. Estou orando para que todos vocês e seus entes queridos estejam seguros e saudáveis.

Desde a Capcom Cup em 2013, a Capcom Pro Tour se tornou um evento anual devido ao enorme apoio contínuo dos jogadores e membros da Fighting Game Community em todo o mundo.

Nós, da Capcom, tivemos muitas discussões internas sobre o formato do Capcom Pro Tour 2020. Demorou muito para decidirmos o formato deste ano, mas acreditamos que a realização do evento em si recompensaria aqueles que têm apoiado o Capcom Pro, independentemente do formato.

Nem é preciso dizer que sei que houve algumas críticas a esse formato específico. No entanto, estou totalmente convencido de que é importante lançar luz sobre várias esperanças, mantendo o evento mesmo assim.

Além disso, estou extremamente grato que tantos jogadores e membros da comunidade de jogos de luta e seus indivíduos relacionados têm nos apoiado para que possamos fazer a Capcom Pro Tour acontecer neste ano.

Eu estou com a marca Street Fighter há muito tempo, vivenciando bons, maus momentos e até mesmo tempos inexistentes. Meu coração está cheio de gratidão por aqueles jogadores que têm dado um apoio caloroso e gentil à marca, especialmente na última década ou então, quando todas as atividades da marca Street Fighter ganharam seu espaço ao sol e aumentaram sua vivacidade.

E agora, depois de servir quase 30 anos na Capcom, estou deixando a empresa neste verão [inverno no Brasil]. Isso significa que vou renunciar à minha posição como gerente de marca para vários títulos da Capcom, incluindo Street Fighter.

A equipe da Capcom da nova geração continuará cuidando da marca Street Fighter e liderando os World Warriors. Acredito que eles continuarão tornando a série extraordinária. Estou ansioso para ver a nova marca Street Fighter e como ela será expandida, desta vez comoum dos jogadores regulares.

Tenho tentado entrar em contato com aqueles com quem trabalhei no passado sobre minha demissão. No entanto, é muito difícil alcançar todas as pessoas com as quais me associei ao longo de minha carreira por quase três décadas. Logo, gostaria de pedir humildemente sua compreensão. Quando surgir a oportunidade, gostaria de estender calorosas saudações e minha gratidão aos indivíduos e empresas com quem tive a chance de trabalhar.

Mais uma vez, aos jogadores profissionais, à comunidade de jogos de luta e sua equipe de operação, para todos os fãs de Street Fighter, muito obrigado pelo seu apoio contínuo.

Lamento que eu, como produtor executivo da série Street Fighter, não tenha podido fazer “SHORYUKEN” junto com todos vocês em cada evento em 2020. Assim, permitam-me gritar como minha declaração final nesta mensagem para vocês.

3
2
1
SHORYUKEN!

Produtor executivo da série Street Fighter
Yoshinori Ono

Apesar de não concordar com os encaminhamentos da série Street Fighter em seu quinto título, não nego que Yoshinori Ono seja importante para indústria de jogos de luta. Mas é quase certo que ele retornará em breve.

Jornalista, analista de mídias e sergipano com orgulho. Apaixonado por "quase" tudo que vem do Japão, em especial animes e jogos. Um eterno sonhador que sempre busca novos desafios!