Super Robot Wars completa 30 anos com novo jogo

Sucesso no Japão, série Super Robot Wars receberá um novo jogo em breve para PC, Nintendo Switch e PlayStation 4 ainda em 2021.

Instagram Notícias PC Playstation 4 Switch

Lançado em 1991, a série de jogos de estratégia Super Robot Wars é sucesso no Japão. Com dezenas de títulos, a Terra do Sol Nascente prepara as comemorações do aniversário de 30 anos com o game Super Robot Wars 30. O anúncio foi feito na Nintendo Direct da E3 para o público japonês, com um trailer especial apresentando algumas séries de robôs gigantes que estarão no jogo.

Super Robot Wars é uma série de RPGs táticos com robôs gigantes de vários animes. Apenas os títulos Super Robot Wars Original Generation do Game Boy Advance receberam versões ocidentais. No Japão, a série costuma receber pelo menos um título a cada dois anos desde seu lançamento em 1991. Animes como Evangelion, Guerreiras Mágicas de Rayearth, Code Geass e Gundam já fizeram parte do vasto elenco de mechas convidados para o game.

Para o novo game, foram confirmadas as séries animadas: Mazinger Z: Infinity, Super Electromagnetic Robot Combattler V, Mobile Suit Zeta Gundam e Code Geass: Lelouch of the Re;surrection transcend the boundaries of their works and assemble in one place. Provavelmente novos robôs e séries participem do game até o seu lançamento.

Super Robot Wars 30
image-275932
Será que o sonho de uma versão ocidental é possível?

Por que Super Robot Wars não é lançado no Ocidente?

Apesar do sucesso no Japão, os títulos da franquia não costumam receber versões ocidentais. A publisher Bandai Namco nunca deixo claro o motivo, mas é possível que os direitos autorais das séries estejam espalhados por várias empresas no Ocidente. Por este motivo, tais contratos impedem a viabilização dos lançamentos.

Porém, os jogos lançados desde 2014 possuem versões traduzidas para o inglês oficialmente e vendidas em mercados de países asiáticos como China, Indonésia e Tailândia. Muitos fãs ocidentais com Nintendo Switch criam ou transferem suas contas para países asiáticos para adquirir cópias digitais do game na eShop.

Quem sabe a Bandai Namco faça um leve esforço e publique uma versão ocidental? Não custa sonhar.

*Com informações do site Gematsu

Jornalista, analista de mídias e sergipano com orgulho. Apaixonado por "quase" tudo que vem do Japão, em especial animes e jogos. Um eterno sonhador que sempre busca novos desafios!