25 anos do Nintendo 64: o sonho da nova geração 3D para Mario

Em 23 de junho de 1996, a Nintendo entrava na geração dos gráficos 3D. Relembre conosco os 25 anos do Nintendo 64 e o sucesso Super Mario 64.

Artigos Instagram Notícias Vintage

O ano era 1996. O Super Nintendo estava em seu auge, com grandes vendas em diversas regiões do mundo e a Big N já preparava terreno para a chegada da quinta geração de consoles. Com a tecnologia gráfica em desenvolvimento, a nova leva de consoles de mesa trazia a certeza de gráficos 3D em 32 bits.

image-276010
O projeto Nintendo Ultra 64, rebatizado como Nintendo 64 no lançamento.

Após o fracasso das negociações entre a Sony e Nintendo para a criação do periférico em CD do Super Nintendo, o “Play Station” (com espaço mesmo), o futuro do mercado de videogames seguiu por um rumo inusitado. Com seu projeto quase pronto, a Sony decidiu entrar na “briga” dos consoles de mesa com seu projeto “PlayStation” (agora sem espaço).

Eis que a Nintendo decidiu seguir com seu projeto de console de nova geração, o “Ultra 64“. Um videogame com capacidade gráfica de 64 bits que mantinha a tecnologia de cartuchos para seus jogos. Segundo os desenvolvedores, a manutenção dos jogos em cartuchos traria uma maior segurança na leitura de dados e no tempo de loading. Já outros acreditam que o principal motivo do uso dos cartuchos eram os lucros recebidos pela Nintendo, que detinha direitos de fabricação das fita.

Em 23 de junho de 1996, chegou ao mercado o projeto Ultra 64, agora rebatizado como Nintendo 64.

Os primeiros passos do Nintendo 64

Apesar da grande expectativa por parte do público, a Nintendo chegou na quinta geração de maneira bastante tímida. No lançamento japonês, apenas três jogos estavam disponíveis: Super Mario 64, PilotWings 64 e Saiku Habu Shogi. Em 28 de setembro, o console chegava ao Ocidente com os mesmos jogos, com exceção de Saiku Habu Shogi. Em dezembro do mesmo ano, chegava às lojas o Mario Kart 64, outro grande sucesso do console que lançou o multiplayer entre quatro jogadores

A nova leva de grandes jogos chegou apenas em março de 1997, com Cruis’n USA, Star Wars: Shadows of the Empire, Turok: Dinossaur Hunter e Fifa Soccer 64. No mesmo mês, o console foi lançado oficialmente na Europa, o que rendeu uma consolidação no total de vendas mundiais do console para mais de 3 milhões.

image-276011
Na Europa, um dos pacotes de lançamento do Nintendo 64 trazia Mario Kart incluso.

Um dos atrativos do N64 foi seu controle diferenciado. Com três opções diferentes de segurar o controle (devido a suas abas), a posição do analógico e direcional básico definiram os futuros lançamentos de controles. Apesar de bastante criticado, o controle atendeu as demandas dos donos do 64 e a Nintendo não tardou em lançar diversos modelos diferenciados.

image-276012
Vibração nos controles? Agradeça ao 64.

Por fim, o lançamento de Star Fox 64 trouxe também o periférico Rumble Pack, que trazia a vibração do controle. Um lançamento que deu muito certo e definiu a função rumble nos futuros consoles.

O outro aniversariante: Super Mario 64

É quase impossível falar do Nintendo 64 sem mencionar seu jogo de estreia: Super Mario 64. O mascote da Big N recebeu uma repaginada de peso para sua aventura em um vasto mundo 3D. A liberdade de movimentação nos cenários foi de encher os olhos e trazia uma prévia do poder gráfico dos 64 bits.

25 anos do Nintendo 64
image-276013
O 3D de Super Mario 64 foi algo revolucionário em 1996.

O sistema de linearidade em linha reta dos jogos anteriores de Mario deu lugar aos cenários abertos, onde os jogadores podiam explorar livremente em busca de moedas e estrelas. Os inimigos foram reimaginados e novos surgiram. Pequenos quebra-cabeças e chefes de fase aumentavam a empolgação dos fãs com a nova aventura do mascote.

Segundo o produtor e diretor Shigeru Miyamoto, a ideia do Super Mario 64 surgiu em pleno desenvolvimento de Star Fox (1993). Entretanto, o projeto inicial conhecido como Super Mario FX (devido ao chip Super FX usado em Star Fox) seria bastante custoso e não teria um bom resultado no Super Nintendo. Alguns jornalistas da mídia especializada da época acreditam que o primeiro Super Mario em 3D seria lançado junto com o Play Station do Super Nintendo, mas o rompimento com a Sony adiou os planos de lançamento.

O jogo foi um sucesso e definiu a nova linha de títulos para os jogos do mascote bigodudo. Tanto que o projeto do Mario Sunshine para o futuro Gamecube começou logo após o lançamento europeu do Nintendo 64, em meados de 1997.

1999: O ano de Zelda 64 e Smash Bros

Apesar da clara desvantagem em relação aos concorrentes PlayStation e Sega Saturn em relação a quantidade de jogos lançados, a Nintendo seguia com sua estratégia para o N64. Com a baixa adesão das Third Parties como Capcom e Konami, além de ausências marcantes como a Squaresoft, a empresa do Mario decidiu investir pesados em suas franquias exclusivas.

Em 1999, dois títulos marcaram a quinta geração de consoles e definiu duas franquias como sucessos até os dias de hoje: The Legend of Zelda: Ocarina of Time e Super Smash Bros.

image-276014
25 anos do Nintendo 64 – As melodias da Ocarina do Tempo são lembradas até hoje!

Primeiro jogo em 3D da série, Ocarina of Time apresentou uma história envolvente com gráficos impressionantes. A tecnologia trouxe novas mecânicas mescladas aos elementos clássicos dos jogos passados. Com um enredo envolvendo viagem no tempo, diferentes versões de Link (criança e adulto) e ações envolvendo um “toque musical” da ocarina, o game é lembrado como um dos melhores de todos os tempos.

25 anos do Nintendo 64
image-276015
25 anos do Nintendo 64 – Uma tela que trouxe alegria para milhões de combatentes.

Super Smash Bros quase foi um jogo de luta com a turma do Mario. A ideia surgiu após o relativo sucesso de jogos derivados como Mario Tennis, Mario Golf, Kart e o recente Party. Entretanto, graças ao sucesso de Pokémon, a Nintendo decidiu expandir o elenco de lutadores do seu futuro jogo para além da turma do Mario. Nascia assim o sucesso Super Smash Bros, com seus combates com personagens e cenários da Big N.

Devido ao sucesso do título e seu multiplayer local para até quatro jogadores, as vendas de controles do Nintendo 64 aumentaram em mais de 200% no primeiro ano de lançamento do Smash Bros.

Nos 25 anos do Nintendo 64, lembramos do seu segundo lugar

Apesar de amado por muitos, o Nintendo 64 não foi um dos maiores sucessos da Nintendo. Em vendas globais, o console vendeu pouco mais de 32 milhões de unidades. Já o primeiro  PlayStation superou a marca de 102 milhões em vendas. Destas, mais de 40 milhões foram apenas na América do Norte, demonstrando o poderio do primeiro console da Sony naquela região.

Entretanto, o N64 foi o segundo colocado em vendas globais daquela geração, superando o Sega Saturn que vendeu cerca de 10 milhões de unidades. Entre as falhas apontadas pelos especialistas estão a falta de títulos de franquias de empresas como Capcom e Squaresoft, além do monopólio da fabricação de cartuchos para o console. Outro ponto que indica a baixa adesão dos desenvolvedores de jogos foi a incrível complexidade em programar para o console, o que acarretava em elevados custos de produção e tempo.

25 anos do Nintendo 64 – Um meme que eterniza o 64 em nossos corações!

Apesar de tudo, o console é lembrado com carinho por todos que o tiveram. A beleza dos gráficos 3D na época encantou os olhos e corações de milhões de jogadores em todo mundo. Mas foi graças a estes e outros tropeços que a Nintendo segue firme como uma sólida marca no mercado.

*Fontes: Nintendo, DMOZ e Nintendo Everything

Jornalista, analista de mídias e sergipano com orgulho. Apaixonado por "quase" tudo que vem do Japão, em especial animes e jogos. Um eterno sonhador que sempre busca novos desafios!