fbpx

Os piores jogos de 2021: confira o Top 10

Não vivemos só alegrias em 2021. Confira nossa lista com os 10 piores jogos de 2021 que tivemos oportunidade de experimentar.

Artigos Destaque Notícias Nova Geração PC Playstation 4 PlayStation 5 Switch Xbox One Xbox Series S Xbox Series X

Nem só de alegrias vivemos neste ano, por isso temos uma lista dos piores jogos de 2021. Não é uma questão de “birra” da nossa parte, mas sabemos que existem aqueles títulos que prometeram o mundo, mas o resultado final foi aquela desgraça. O desgosto é tanto que causa uma verdadeira dor no coração lembrar da decepção.

Vamos lá, é hora da lista com os 10 piores jogos de 2021:

1 – Monster Harvest

image-279723
Foi complicado finalizar Monster Harvest com tantos problemas

O melhor de Pokémon e Harvest Moon em um único jogo. Foi o que esperávamos (e prometeram) em Monster Harvest, um indie game da Merge Games. O game chegou e o resultado final foi decepcionante, com uma gameplay lenta, cheia de repetições e esquecendo toda a evolução que os jogos que o inspiraram tiveram. Outra grave problema foram diversos problemas técnicos, os quais você pode conferir em nossa análise.

2 – Balan Wonderworld

image-279724
O sonho não continuou com Balan Wonderworld

Yuki Naka, um dos nomes por trás do Sonic The Hedgehog, encabeçava o projeto da Square Enix que prometia ser o sucessor espiritual de Night into Dreams. O desenvolvimento durou anos e o resultado final foi abaixo do esperado. Repetitivo, com problemas graves de gameplay e extremamente fácil, Balan Wonderworld merece o título de um dos piores jogos do ano.

3 – Grand Theft Auto: The Trilogy – Definitive Edition

image-279725
De “definitiva”, só a nossa decepção

O remaster da trilogia dos três primeiros jogos 3D de GTA foi um anúncio surpresa que antecedeu diversos rumores e vazamentos. A expectativa era alta… E o tombo também foi. O resultado final foi péssimo, com vários bugs e problemas de performance, como queda de frames e glitchs. A jogabilidade também foi bastante prejudicada, com vários elementos do cenário dificultando a visão dos jogadores. Os controles támbem não ajudaram, com problemas sérios de mira e travamentos.

4 – eFootball 2022 – PS5, XBSX/S, PS4, XB e PC

Complicado defender essa, Konami…

Por onde podemos começar… eFootball 2022 é o novo formato da franquia de futebol PES da Konami. As mudanças no motor gráfico foram uma verdadeira bola fora, com bugs que geraram (para nossa sorte) memes que divertem até hoje. A mudança para o modelo gratuito com transações foi outro problema, já que quem comprou pacotes iniciais do game não receberam nem metade do que foi prometido. Assim, a Konami ressarciu os compradores e adiou a versão corrigida do game para 2022.

5 – Sonic Colors: Ultimate

O negócio foi feio em Sonic Colors Ultimate. O que diabos está acontecendo aqui? (Imagem: Sonic Stadium)

Um dos poucos jogos divertidos do Sonic no Wii, a Sega decidiu relançar Colors em uma edição remasterizada para todas as plataformas da atualidade. Infelizmente, o resultado final foi bastante abaixo do esperado, com poucas melhorias. Mas o grande problema mesmo foram os bugs, como problemas nos cenários, movimentação do personagem e absurdas quedas de frames.

6 – Battlefield 2042

image-279726

Bugs e mais bugs. O aguardado Battlefield 2042 já começou sofrendo no lançamento, quando o jogador procura pelo modo campanha e não acha. O jogo oferece apenas o multiplayer online, com pouco conteúdo e sem grandes atrativos em relação aos outros jogos da franquia. Lamentável.

7 – Werewolf: The Apocalypse – Earthblood

image-279727
Não foi desta vez que vimos um game interessante de Lobisomem: O Apocalipse

Esse aqui é caprichado. Baseado em Lobisomem: O Apocalipse, Earthblood prometia trazer o terror das mesas de RPG para os consoles e PC. Mas o que vimos foi uma repetição de erros, começando pelo enredo e seguindo para as mecânicas de jogo. Chato e extremamente repetitivo, o game é uma verdadeira mancha na história dos jogos baseados em RPGs de mesa.

8 – Dungeons and Dragons: Dark Alliance

image-279728
Tanto potencial desperdiçado

Continuando com as péssimas adaptações de games de mesa, temos Dungeons and Dragons: Dark Alliance. Por onde começar? Design de fases péssimo, gráficos questionáveis (principalmente rodando na nova geração) e uma inteligência artificial extremamente “BURRA” para os inimigos. Merece o título de um dos piores jogos de 2021.

9 – SkateBIRD 

image-279729
Faltou capricho em SkateBIRD

Tudo bem, a proposta de SkateBIRD é trazer algo descontraído com os passarinhos andando de Skate. Mas os problemas começam quando o jogo traz pistas sem qualquer tipo de desafio. Ande por todos os lados com seu pássaro customizado e marque alguns pontos. E faça isso mais 20 vezes em pistas parecidas, só mudando os objetos. Isso sem mencionar a física do jogo, onde os skatistas emplumados parecem estar na Lua.

10 – Apex Legends (Versão do Nintendo Switch)

image-279730
A versão de Apex Legends no Switch deixa muito a desejar…

Realmente, não é fácil portar um jogo de consoles mais poderosos para a plataforma limitada do Switch. Porém, com algumas adaptações e esforço, é possível. Não é o caso da versão de Apex Legends. Muito do que trouxe sucesso para o jogo acabou se perdendo em uma adaptação fraca. Jogue apenas se a única forma de experimentar o jogo for em um Nintendo Switch.

Jornalista, analista de mídias e sergipano com orgulho. Apaixonado por "quase" tudo que vem do Japão, em especial animes e jogos. Um eterno sonhador que sempre busca novos desafios!